Archive for ‘contos’

30 de março de 2011

Não é Mentira

por lnbrandao

e-flayer

Anúncios
21 de março de 2011

Estava Faltando Ele

por lnbrandao

LEIA COM ATENÇÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Alemanha (início do século 20)

Durante uma conferência com vários universitários, um professor da Universidade de Berlim desafiou seus alunos com esta pergunta: “Deus criou tudo o que existe?”

Um aluno respondeu valentemente: “Sim, Ele criou.”

“Deus criou tudo?” Perguntou novamente o professor. “Sim senhor.” Respondeu o jovem.

O professor respondeu: ” Se Deus criou tudo, então Deus fez o mal? Pois o mal existe, e partindo do preceito de que nossas obras são um reflexo de nós mesmos, então Deus é mau?”

O jovem ficou calado diante de tal resposta e o professor, feliz, se regozijava de ter provado mais uma vez que a fé era um mito.

Outro estudante levantou a mão e disse: “Posso fazer uma pergunta professor?”

“Lógico”. Foi a resposta do professor.

O jovem ficou de pé e perguntou: “Professor, o frio existe?”

“Que pergunta é essa? Lógico que existe, ou por acaso você nunca sentiu frio?”

O rapaz respondeu: “De fato, senhor, o frio não existe. Segundo as leis da Física, o que consideramos frio, na realidade é a ausência de calor. Todo corpo ou objeto é susceptível de estudo quando possui ou transmite energia, o calor é o que faz com este corpo tenha ou transmita energia. O zero absoluto é a ausência total de calor. Todos os corpos ficam inertes, incapazes de reagir, mas o frio não existe. Nós criamos essa definição para descrever como nos sentios se não temos calor.”

“E, existe a escuridão?” Continuou o estudante. O professor respondeu: “Existe.”

O estudante respondeu: “Novamente comete um erro, senhor, a escuridão não também não existe. A escuridão na realidade é a ausência de luz. A luz pode se estudar, a escuridão não! Até existe o prisma de Nichols para decompor a luz branca nas várias cores de que está composta, com suas diferentes longitudes de ondas. A escuridão não! Um simples raio de luz atravessa as trevas e ilumina a superfície onde termina o raio de luz. Como pode saber quão escuro está um espaço determinado? Com base na quantidade de luz presente nesse espaço não é assim? A escuridão é uma definição que o homem desenvolveu para descrever o que acontece quando não há luz presente.”

Finalmente o jovem perguntou ao professor: “Senhor, o mal existe?”

O professor respondeu: “Claro que sim, lógico que existe, como disse desde o começo, vemos estupros, crimes e violência no mundo todo, essas coisas são do mal.”

O estudante respondeu: “O mal não existe, senhor, pelo menos não existe por si mesmo. O mal é simplesmente a ausência do bem, é o mesmo dos casos anteriores, o mal é uma definição que o homem criou para descrever a ausência de Deus. Deus não criou o mal. Não é como a fé ou como o amor, que existem como existem o calor e a luz. O mal é resultado da humanidade não ter Deus presente em seus corações. É como acontece com o frio quando não há calor, ou a escuridão quando não há luz.”

Por volta dos anos 1900, este jovem foi aplaudido de pé, e o professor apenas balançou a cabeça permanecendo calado…

Imediatamente o diretor dirigiu-se àquele jovem e perguntou qual era seu nome.

Ele respondeu: “ALBERT EINSTEIN.”

 

Tags: , , ,
5 de março de 2011

Todas as simpatias do mundo relacionadas a Amor e Sexo

por lnbrandao

MULHER MAIS FOGOSA

Em 1 vasilha de metal, coloque pétalas de 1 cravo branco e de 1 rosa vermelha, 1 punhado de noz-moscada e 3 gotas de essência de lavanda. Coloque fogo dentro da vasilha com cuidado e, assim que tudo virar cinzas, recolha e coloque dentro de 1 saquinho plástico. Guarde esse saquinho dentro da sua gaveta de roupas íntimas. Lave e use a vasilha como de costume.


FIDELIDADE SEMPRE!

Numa noite de Lua Cheia, olhe para a Lua da janela da sua casa e diga em voz alta: “Ó, Lua, rainha da noite e dos enamorados. Assim como olha por nós e ajuda a todos nos assuntos do coração, faça com que (diga o nome da pessoa amada) não olhe nunca para ninguém e deseje apenas o meu amor”. Repita essa frase mais 2 vezes e vá dormir. Essa simpatia só pode ser feita 1 vez e não conte a ninguém que a fez.


CHAMAR ATENÇÃO DE ALGUÉM

Com 1 caneta vermelha, escreva o nome da pessoa que deseja no seu pé esquerdo. Cubra com 1 pedaço de esparadrapo e deixe até o dia seguinte. Retire o esparadrapo e jogue no lixo. Quando encontrar sua paixão, bata o pé esquerdo 3 vezes no chão, dizendo: “Você já é meu, pela força dos seres do bem”.


ELE SER MAIS FOGOSO

Enrole 3 sementes de feijão em 1 lenço preto. Deixe o lenço durante 3 dias no mesmo recipiente em que você guarda o feijão (não na panela em que você cozinha, e, sim, na vasilha do mantimento). Retire da vasilha o lenço com os 3 grãos, plante em um vaso e enterre o lenço ao lado. Não se esqueça de cuidar bem dos grãos para brotarem. Assim como irá brotar o desejo do seu homem por você.


AUMENTAR PODER DE SEDUÇÃO

Ferva as pétalas de 3 rosas vermelhas em 1 panela de ferro com 1 litro de água. Quando levantar fervura, acrescente 3 colheres (café) de açúcar e deixe no fogo por mais 5 minutos. Quando o preparado estiver morno, despeje o líquido na pia, mentalizando que você é tão desejada quanto as rosas e tão doce quanto o açúcar. Guarde as pétalas e, depois que secarem, coloque dentro de 1 vidro e deixe no seu armário. Use a panela como de costume.


FIDELIDADE SEMPRE!

Segure com as 2 mãos 1 foto em que você e o seu amor estão juntos e reze em voz alta o Salmo 21 com muita fé. Quando terminar, peça aos anjos do amor para afastarem a infidelidade do seu romance. Deixe a foto por 3 dias dentro da Bíblia, na página deste Salmo, e depois a coloque em 1 porta-retratos bem bonito.


GANHAR PESSOA DESEJADA

Use 1 camiseta de qualquer cor (só é aconselhável evitar a cor marrom e preta) durante 2 dias. Depois, lave com água e sal e deixe secar bem. Arrume 1 vasilha e coloque água filtrada, 1 punhado de guiné e 1 de alecrim. Ferva o preparado, espere esfriar e coe o líquido. Depois, coloque a camiseta de molho no líquido e ferva novamente. Seque a camiseta e use quando for paquerar. Jogue as sobras das ervas no lixo. A vasilha, depois de bem lavada, pode ser usada normalmente.


PESSOA AMADA POR PERTO

Para não ser abandonada pela pessoa que tanto ama, quando estiver com ela, reze baixinho a seguinte frase: “Minha Virgem Maria, permita-me estar sempre com este homem que eu tanto amo, assim como a senhora teve a oportunidade de viver ao lado de quem amaste, dedicando-se e dando todo o seu amor”. Depois disso, dê um beijo na testa do seu amado, com muito carinho e pense firmemente que ele jamais vai abandoná-la.


CORAGEM PARA SE DECLARAR

Em 1 pedaço de papel vermelho, escreva 7 vezes o nome da pessoa a quem você deseja se declarar. Coloque em 1 copo transparente com água e 3 colheres (sopa) de açúcar. Tampe o copo e deixe por 3 dias num lugar onde ninguém mexa. Reze 1 Pai-Nosso, 1 Ave-Maria e 1 Credo com muita fé todos os dias. Depois, jogue a água no ralo da pia, o copo e o papel num lixo longe da sua casa.


PARCEIRO FIEL

Em 1 vasilha, polvilhe 1 punhado de açúcar e coloque 1 cueca do seu amado. Derrame sobre a peça 3 litros de água morna, adicione 3 gotas de água benta e 3 gotas do perfume que você usa. Ensope a cueca nessa água e esfregue no seu corpo (menos no rosto e nas partes íntimas) dizendo: “Eu sou sua e você é meu, pelo amor sagrado que nos une. Sou abençoada com a sua fidelidade e lhe presenteio com a minha dedicação”. Quando o preparado terminar, lave bem a peça, deixe secar e guarde no lugar de costume.


DESCOBRIR SEGREDOS

Coloque embaixo da cama, na cabeceira do seu amor, 1 chinelo ou sapato virado. Depois, vigie o seu sono, pois dormindo ele(a) revelará alguns segredinhos.


SEDUÇÃO INFALÍVEL

Em 1 vasilha de cobre, ferva 3 litros de água com 9 avelãs sem casca ou 6 nozes-pecãs. Após seu banho habitual, despeje o preparado em seu corpo, da cintura para baixo. O cobre da vasilha é considerado o metal de Vênus, a deusa do amor. Enterre as avelãs ou as nozes em um vaso com flores. Lave e reutilize a vasilha como desejar.


GATO(A) SER FIEL

Em um domingo, logo que acordar, segure 1 figa de madeira com a mão direita e repita: “Como aperto este objeto, aperto o coração de (fale o nome do(a) seu(sua) namorado(a)) para que ele(a) só tenha olhos para mim e me ame com toda a força”. Em seguida, reze 1 Pai-Nosso, 1 Ave-Maria e guarde a figa na sua gaveta de roupas íntimas.


AUMENTAR O DESEJO DO SEU MARIDO

Pegue 1 foto dele e cole em 1 cadeado com 1 pedaço de fita adesiva. Derrame mel por cima. Coloque o cadeado no chão e faça um círculo, intercalando 1 vela vermelha, 1 vela amarela, 1 vela branca, 1 vela vermelha, 1 vela amarela e 1 vela branca, cada 1 em 1 pires. Acenda as velas da direita para a esquerda e repita: “(diga o nome do seu marido), está amarrado em meu corpo e só terá olhos para mim. Só ficará satisfeito comigo e não desejará nenhuma outra, pois não funcionará”. Deixe as velas queimarem até a metade e apague. Jogue os restos no lixo, limpe a foto e guarde com carinho. O cadeado e os pires podem ser usados como de costume.


SEPARADA(O) E SÓ

Pegue 1 estrela-do-mar (encontrada em casas especializadas em artigos místicos), embrulhe em 1 papel branco e amarre com 1 fita branca. Deixe o embrulho aos pés de 1 imagem de Santo Antônio, preferencialmente em uma igreja deste Santo. Reze 1 Pai-Nosso e 1 Ave-Maria, pedindo ao Santo para que ele atenda seu pedido.


SEDUÇÃO CIGANA

Para seduzir de vez quem você está querendo, apanhe as flores de sabugueiro e deixe secar à sombra durante alguns dias. Assim que estiverem secas, esmague até obter um pó. Misture esse pó com o óleo de amêndoas e massageie a região da cintura, mas para baixo do umbigo. Segundo os ciganos, isso faz acumular energia nessa região, depois se espalha pelo corpo.


SEMPRE SENSUAL

Quando for sair com seu par, use 1 peça de roupa vermelha. Antes de sair, olhe fixamente para o espelho e repita: “Sou atraente e todos que olharem para mim poderão sentir a sensualidade que aflora de meu corpo”. Depois do encontro, deixe essa peça de roupa vermelha no sereno, para que você possa absorver todas as energias da Lua, e use como de costume. Faça essa simpatia sempre que sentir que sua sexualidade está em baixa.


FIDELIDADE NO SEXO

Toda vez em que tiver relações com seu parceiro, escreva em 1 pedaço de papel a seguinte frase: “Amor que vai, amor que vem, felicidade e prazer, comigo e mais ninguém”. Junte, durante 3 meses, todos esses papéis e ofereça a Iemanjá, pedindo a proteção desse orixá. Faça uma oração de sua preferência e jogue os papéis no lixo.


SEDUZIR PELO OLHAR

Acenda 1 vela da cor de sua preferência sobre 1 pires e reze 3 Ave-Marias, olhando por alguns instantes a chama da vela, imaginando o seu olhar se tornando tão sedutor quanto a força do fogo. Pegue 1 pedaço de tecido azul, faça 1 saquinho e coloque dentro 1 olho-de-cabra (semente encontrada em casas especializadas). Dê 1 nó, fechando o patuá e carregue sempre com você. Se perder esse patuá, refaça o ritual. Jogue os restos da vela no lixo. O pires pode ser reutilizado depois de lavado.


MENOS FOGOSA

O marido deve fazer a simpatia. Encha 1 bacia com água fria e acrescente 1 colher (sopa) de sal grosso, 1 colher (sobremesa) de bicarbonato de sódio e 1 calcinha dela, deixando na mistura por 1 hora. Retire e coloque para secar ao sol. Feito isso, a esposa deve usar normalmente a calcinha, mas sem saber da simpatia.


TER AMANTE DE VOLTA

Faça o seguinte banho-de-cheiro: na Lua Crescente, ferva, em 3 litros de água, as pétalas de 2 flores brancas, 1 punhado de sal grosso e 1 de manjericão. Coe, espere amornar e leve para o seu banheiro. Acenda 1 incenso de patchuli e mentalize o seu ex retornando ao seus braços. Em seguida, tome seu banho normal e despeje esse preparado do pescoço para baixo. As sobras dessa mistura e as cinzas do incenso devem ser enterradas em um jardim.


ACALMAR SEU AMOR

Quando o seu amor estiver nervoso ou você perceber que alguma briga está para acontecer, diga: “Santo Antônio reza a missa; São João, São Pedro benzem o altar; acalmai o anjo da guarda de (diga o nome da pessoa)”. Repita 3 vezes com muita fé.


SEDUZIR A PESSOA DESEJADA

Recorte 1 pedaço de pano branco e faça 1 saquinho com ele, costurando com linha da mesma cor. Coloque 3 folhas de guiné, 1 ramo pequeno de alecrim e 5 pétalas de rosa vermelha dentro dele. Feche o saquinho com linha branca. Quando for tomar banho, esfregue o seu corpo com esse saquinho, mentalizando a pessoa que tanto deseja. Depois, diga: “Que todas as ervas trabalhem a meu favor e tragam para mim o grande amor que estou esperando”. Em seguida, ponha o saquinho para secar ao sol e, quando estiver bem seco, guarde na sua gaveta de roupas íntimas pelo tempo que desejar.


AUMENTAR DESEJO

Para aumentar o apetite sexual, coloque 4 grãos de biribá (grãos pretos que parecem caroços de azeitona, facilmente encontrados nas feiras livres) dentro de 1 garrafa de vinho, deixando em infusão durante 15 dias. Passado este período, tome 1 cálice antes de dormir até acabar o preparado.


MARIDO MAIS FOGOSO

Logo depois do almoço, pegue 1 par de meias do seu marido e coloque em 1 vasilha junto com 3 litros de água, 1 punhado de hortelã, algumas flores de laranjeira, um pouco de manjericão e 1 colher (sopa) de açúcar cristal. Espere levantar fervura e desligue. Retire as meias e deixe-as a noite no sereno. Na manhã seguinte, lave, torça, deixe secar e devolva na gaveta para o seu marido usar. Jogue os demais ingredientes no lixo e use a vasilha normalmente, depois de lavada.


FIDELIDADE CONJUGAL

Para ter um relacionamento em que exista fidelidade, você deve fazer esta simpatia com muita fé. Em uma noite de sábado, quando estiver com a intenção de fazer amor, ferva água com manjericão, alecrim e orégano e espere amornar. Tome seu banho habitual e despeje o preparado da cintura para baixo. Espere secar naturalmente e vista 1 roupa branca. Passe um pouco de mel ou açúcar nos lábios, dando 1 beijo bem carinhoso e apaixonado no seu amado. O que sobrar do banho, pode enterrar em um jardim.


POÇÃO MÁGICA DA SEDUÇÃO

Ferva 1 copo de água, alguns pedaços de 1 maçã bem madura, 3 pedaços de canela em pau e 7 cravos-da-índia. Quando a água começar a evaporar, retire as maçãs e coloque sobre um pouco de sorvete de morango. Divida essa sobremesa com seu par para que a atração entre vocês dure para sempre. Enquanto estiverem comendo, mentalize seu desejo e peça ajuda aos ciganos do amor. Caso sobre um pouco de doce, jogue no lixo.


CONQUISTAR ALGUÉM DIFÍCIL

Escreva a seguinte oração em 1 pedaço de papel: “São Judas Tadeu, glorioso apóstolo, fiel servo e amigo de Jesus. Rogai por mim que estou desolada e precisando da sua ajuda neste momento. Imploro que me ajude a conquistar o coração do (fale o nome do seu pretendente). Amém”. Faça 1 saquinho vermelho e coloque dentro a oração, feche com linha da mesma cor e carregue pendurado, com 1 alfinete de segurança, na sua calcinha ou sutiã. Quando conseguir o que deseja, guarde numa gaveta onde ninguém mexa.


AUMENTAR PODER DE SEDUÇÃO

Numa sexta-feira de Lua Cheia, acenda 1 incenso de canela e, com cuidado para não se queimar, passe a fumaça dele por todo seu corpo. Enquanto faz isso, concentre-se no seu desejo de ficar mais sedutora. Quando o incenso acabar de queimar, junte as cinzas dele e coloque dentro de 1 saquinho vermelho. Carregue esse amuleto sempre que sair para paquerar.


SER MENOS FRIA

Todas as manhãs, olhe no espelho e repita: “Eu sou uma pessoa maravilhosa e meu coração está cheio de amor para dar. Estou pronta para viver momentos de intenso prazer ao lado de quem amo. Não sou frígida, muito pelo contrário, sou quente como o fogo”. Quando for encontrar com o amado, use um perfume com essência de patchuli ou musk


SER FELIZ SOZINHA

Acenda, em 1 pires, 1 vela cor-de-rosa ao lado da imagem de Nossa Senhora. Enquanto a vela queima, reze uma oração em intenção à Santa. Quando ela acabar, embrulhe o que sobrou em 1 pedaço de papel e guarde na sua gaveta, como símbolo da sua felicidade. Jogue tudo fora 1 mês depois.


SEGURAR SEU GATO

Escreva em 1 papel o nome do seu gato e amarre em 1 chuchu. Coloque no congelador, na última sexta-feira do mês e deixe lá por 3 semanas. Não o retire de lá, mesmo quando for limpar a geladeira. Só depois das 3 semanas é que ele pode ser jogado no lixo.


FICAR MAIS SENSUAL

Na última sexta-feira do mês, pegue 1 maçã vermelha e deixe no sereno durante 1 noite. Depois, derrame um pouco de mel sobre a fruta, dê 1 mordida e enterre em um jardim com roseira, para absorver toda a sensualidade e beleza dessa flor. Quando terminar de enterrar, reze 1 Pai-Nosso.


NÃO SOFRER COM A SEPARAÇÃO

Pegue a foto da pessoa que você ama, embrulhe com 1 pedaço de papel vermelho que nunca tenha sido usado, pingue 3 gotas de vinagre tinto e junte 3 folhas de manjericão, amarrando tudo com 1 pedaço de fita também vermelha. Jogue o embrulho no lixo e saia do local sem olhar para trás. Faça essa simpatia numa sexta-feira qualquer e não conte nada a ninguém.


DECLARAÇÃO DE AMOR

Passe uma mistura de mel e canela em pó do lado esquerdo do seu peito, região do coração. Deixe o seu corpo com a mistura e peça para o anjo Gabriel fazer o seu amado se declarar. No banheiro, com um jarro, jogue água no seu corpo, do pescoço para baixo, dizendo: “Anjo Gabriel, assim como esse mel atrai as abelhas, faça com que ele atraia o meu amor para a minha vida”.


REALIZAR UM DESEJO DE AMOR

Escreva em 1 papel cor-de-rosa o seu desejo de amor e coloque embaixo de 1 imagem de Santo Antônio. Quando conseguir alcançar o seu desejo, faça uma oração em agradecimento ao Santo e enterre o papel em um vaso de flores.


PESSOA AMADA VOLTAR

Desembrulhe e beije 3 balas. Em seguida, torne a embrulhar as balas no mesmo papel, fazendo a seguinte oração: “Meu Pai que está no céu, seja feita a minha vontade para (diga o nome da pessoa amada) voltar com muito amor”. Depois, deixe as balas numa encruzilhada (encontro de 2 ruas).


AUMENTAR DESEJO SEXUAL

No primeiro dia de Lua Cheia, compre 1 pirâmide pequena. Em 1 papel branco, escreva o seu nome e o da pessoa amada, acreditando no seu potencial sexual. Dobre esse papel 2 vezes e coloque embaixo da pirâmide. Deixe lá até a próxima Lua Cheia, em um lugar que ninguém possa mexer. Depois, jogue os papéis no lixo e coloque a pirâmide em um lugar especial do seu quarto.


PRENDER QUEM DESEJA

Embrulhe 1 foto 3×4 do seu amado em 1 calcinha sua usada. Costure muito bem com 1 linha vermelha e derrame sobre a peça 1 colher (chá) de mel e pingue 7 gotas do seu perfume preferido. Enterre o embrulho em um vaso de sua casa que tenha uma planta bem bonita e cuide muito bem dela. Caso a planta não vingue, refaça a magia até conseguir manter uma bem viçosa, jogando o vaso antigo (com tudo) no lixo.


MULHER MAIS ARDENTE

Leve o par de brincos que você mais gosta a uma igreja e passe água benta neles. Coloque esses brincos de 7 em 7 dias, somente durante a noite.


MARIDO PAQUERADOR

Compre 1 pijama para o seu marido, mas vista uma vez antes de entregar ao seu amado. Lave o pijama com sabão de coco e enxágüe com folhas de laranjeira. Faça isso somente 1 vez. Jogue a água da lavagem em um lugar que tenha grama.


MENOS CIÚME, MAIS AMOR

Escreva o nome do menino em 1 pedaço de papel e coloque dentro de 1 copo com água e açúcar. Acenda 1 vela em 1 pires e coloque ao lado do copo. Reze para Santo Antônio para que ele troque o ciúme do seu gatinho por mais amor. Deixe o papel secar e guarde-o na sua carteira. Jogue a água na pia da cozinha, jogue o resto da vela no lixo e volte a utilizar o copo e o pires normalmente depois de lavados.


CONSEGUIR SE DECLARAR

Usando 1 caneta vermelha, escreva em 1 papel branco tudo o que gostaria de dizer para a pessoa em quem está interessada, terminando sua “carta” com a seguinte frase: “Que assim seja sob a proteção dos anjos do amor”. Em seguida, rasgue o papel em 2 partes: uma deve ser colocada no meio da Bíblia e a outra, levada com você quando for se encontrar com o seu par. Assim que chegar em casa, rasgue as 2 metades e ofereça uma oração ao seu anjo da guarda, agradecendo pela graça que recebeu.


DESPERTAR DESEJO

Escolha 1 perfume de sua preferência e segure com as 2 mãos, dizendo: “Eu te energizo com todos os ingredientes do amor e te usarei todos os dias para o meu amor me amar mais e mais, até quando eu desejar!”. Depois, se quiser, refaça a simpatia da mesma forma que fez essa.


ENCONTRAR A ALMA GÊMEA

Envolva 1 vela cor-de-rosa em 1 fita de cetim de 30cm da mesma cor. Acenda a vela em 1 pires e coloque ao lado uma carta para o seu anjo da guarda, dizendo: “Peço a Deus que me seja enviado o mais urgente possível o verdadeiro amor em minha vida. Terei fé de que serei atendida em meu desejo”. Quando a vela terminar de queimar, enterre tudo num jardim ou vaso florido e saia sem olhar para trás.


ELE SER FIEL

Compre 1 maçã bem vermelha, dê uma mordida nela e engula o pedaço pensando em seu marido. Depois, faça um buraquinho na fruta e coloque dentro dela 1 pedacinho de papel vermelho com o nome do seu amor escrito com 1 caneta preta. Enterre a maçã num jardim florido ou vaso de barro sem que ninguém veja. Volte a usar a caneta como de costume e não conte a ninguém sobre a simpatia.


FAZER AMANTE FELIZ

Mande para o seu amante 3 rosas vermelhas e 3 rosas brancas, só que antes, em silêncio, faça o seguinte pedido: “Minhas almas protetoras, que estas rosas, que fazem parte da natureza, protejam a minha relação com a pessoa que tanto amo. Que nada, nem ninguém, atrapalhe este amor”. Escreva 1 bilhete dizendo tudo o que quer que ele faça com você na cama e mande junto com as rosas.


PARA SER AMADA

Ao meio-dia de uma quinta-feira, quando a Lua estiver na fase Crescente, compre 1 pedaço de seda azul e nele envolva 1 olho-de-cabra (semente encontrada em casas especializadas em artigos de umbanda). Guarde esse poderoso amuleto com cuidado para que ninguém saiba que existe. Ele vai melhorar muito seu astral e você será muito amada e também feliz.


ENCONTRAR UM GRANDE AMOR

Coloque as pétalas de 3 cravos brancos em 3 litros de água fervente. Espere esfriar e despeje a mistura do pescoço para baixo, após seu banho normal. Espere secar naturalmente e jogue os restos do banho no lixo. Vista 1 roupa branca, saia de casa e sorria para todas as pessoas que encontrar pelo caminho. A roupa pode ser usada normalmente após o ritual.


MULHER MAIS FOGOSA

Para você ficar mais ardente, fogosa, faça um chá com 7 folhas de erva segunda (encontrada em casas especializadas em ervas). Tome 1 colher (sopa) deste chá ainda em jejum e, em seguida, tome um banho de imersão (em uma banheira ou bacia) que contenha 7 gotinhas deste chá. Faça esta simpatia apenas 1 vez. O chá restante deve ser jogado no ralo.


DESCOBRIR OS SEGREDOS DELE

Quando seu marido estiver dormindo, pegue os chinelos dele e coloque em forma de cruz, em cima do peito dele. Aí, você pode fazer a pergunta que quiser que ele responderá.


PARA VÊ-LO HOJE

Escreva o nome do gatinho que você está louca para encontrar no papel e coloque no prato. Pingue o mel em cima e passe a fumacinha do incenso de patchuli em forma de Sinal-da-Cruz uma vez sobre o prato. Deixe-o queimar até o final no porta-incenso. Quando acabar, sopre as cinzas ao vento enquanto diz: “Vai, perfume da paixão, e traga (diga o nome do seu amor) para junto do meu coração”. Depois, jogue o conteúdo do prato no lixo e lave-o, devolvendo-o ao seu uso normal.


ACABAR COM PROBLEMA AMOROSO

Durante 3 dias seguidos, fique na frente da imagem de Nossa Senhora Desatadora dos Nós e diga: “Mãe amiga e protetora, livrai-me de todos os nós e embaraços. Que eu possa levar uma vida tranqüila de cristão, para doar amor aqueles que de mim necessitarem”. Termine sempre a frase fazendo o Sinal-da-Cruz e rezando 1 Salve-Rainha e 1 Ave-Maria.


PARCEIRO SER SEMPRE FIEL

Em 1 vasilha, polvilhe 1 punhado de açúcar e coloque 1 cueca do seu amado. Derrame sobre a peça 3 litros de água morna, adicione 3 gotas de água benta e 3 gotas do perfume que você usa. Ensope a cueca nessa água e esfregue no seu corpo (menos no rosto e nas partes íntimas) dizendo: “Eu sou sua e você é meu, pelo amor sagrado que nos une. Sou abençoada com a sua fidelidade e lhe presenteio com a minha dedicação”. Quando o preparado terminar, lave bem a peça, deixe secar e guarde no lugar de costume.


ROLO VIRAR NAMORO

Desenhe em um pedaço de papel rosa com uma caneta vermelha dois elos de uma corrente entrelaçados e, dentro de um, escreva “eu, (seu nome)” e, no outro, “quero namorar com (nome do gato)”. Dobre o papel em quatro partes e coloque-o embaixo do pires. Em cima dele, coloque a vela rosa e espalhe o punhado de açúcar em volta. Enquanto a vela queima, mentalize somente coisas positivas e peça para que o seu anjo da guarda ajude-a a conquistar de vez o coração desse gato. Quando acabar, jogue o resto da vela e o açúcar no lixo, coloque o pires para uso normal (depois de laválo) e guarde o papel dentro de uma Bíblia.


REACENDER A PAIXÃO

Num pedaço de papel cor-de-rosa, escreva o nome completo do seu amor, a oração Ave-Maria e a seguinte frase: “São Caetano, gostaria que (o nome do gato) se apaixonasse novamente por mim, o mais rápido possível”. Dobre o papel e coloque-o no meio de um prato pequeno de papelão com 3 balas.Deposite esta oferenda em um jardim bem florido.


NÃO SER CIUMENTA

Em uma noite de céu limpo, com poucas nuvens, olhe para o céu e escolha uma estrela, aquela que mais chamar a sua atenção. Com fé e concentração, fale em voz alta: “Querida estrela, não quero mais ter ciúme. Ilumine meu caminho. Livre-me da insegurança e da angústia e traga-me paz e alegria”. Ali mesmo, reze uma Ave-Maria.


DEIXAR O GATO MAIS APAIXONADO

Numa noite de Lua Cheia, pegue 1 travessa de louça e coloque dentro 1 foto 3X4 do seu namorado. Deixe a travessa em algum lugar onde ela possa receber os raios da Lua. De manhã, pegue a foto e, com 1 lápis, faça setas apontadas para o centro nas 4 pontas. Carregue essa foto sempre com você, na carteira ou na bolsa. Use o lápis normalmente.


ESQUENTAR O SEXO

Compre 1 peça de roupa íntima preta e lave em uma mistura de água fria, 7 gotas do seu perfume preferido e as pétalas de 3 rosas vermelhas. Jogue as pétalas no lixo e a água no ralo. Deixe a roupa secar e use na primeira noite de Lua Cheia. Utilize o perfume como de costume e a peça normalmente, após a noite de amor.


ESQUECER AMOR NÃO-CORRESPONDIDO

Com 1 caneta vermelha, escreva o nome de quem deseja esquecer na sola dos seus pés e na palma das suas mãos. Coloque 2 litros de água (fervida e já morna) em 1 vasilha e junte 13 pedrinhas de sal grosso. Vá até o banheiro, sente no vaso sanitário ou num banquinho e, com a ajuda de uma esponja, esfregue o preparado nas mãos e nos pés, apagando o que escreveu. Reze 7 Salve-Rainhas, pedindo para Santa Rita de Cássia lhe ajudar a tirar essa paixão da cabeça.


ATRAIR OLHARES

Ferva 1/2 litro de água e coloque dentro 6 colheres (sopa) de mel quando já estiver borbulhando. Deixe ferver por mais 3 minutos e desligue o fogo. Em seguida, pingue 3 gotas de óleo de amêndoas e deixe, coberto por 1 pano, em um canto do seu quarto durante 3 dias. Depois, despeje a mistura em um ralo.


AMARRAR ALGUÉM ESPECIAL

Conquiste quem você deseja, comprando 1 imagem de São João e montando em sua casa 1 altarzinho com incenso, velas brancas e a imagem do Santo. Acenda 1 vela e 1 incenso todos os dias, durante 1 mês. Embaixo do pires onde for acender a vela, deixe 1 papelzinho com o nome do seu pretendente escrito. Os restos das velas e dos incensos devem ser jogados no lixo, assim que acabarem de queimar. Depois desse tempo, costure 1 saquinho com 1 tecido branco, colocando o papel com o nome do seu amor dentro. Carregue junto com você até conseguir realizar o seu desejo, em seguida, jogue no lixo. O pires pode ser usado como de costume e a imagem deve ser guardada no seu armário, pelo tempo que desejar.


LIVRAR-SE DE HOMEM CHATO

Em uma noite de Lua Nova, pense firmemente na sua intenção de afastar a pessoa indesejada e reze 3 vezes seguidas o Salmo 3. Em seguida, peça para que as 13 almas benditas façam com que ele encontre um outro amor e lhe deixe em paz.


VOLTAR COM EX

Pegue 2 folhas de comigo-ninguém-pode e escreva, com 1 caneta preta, o seu nome em 1 papel e o do seu ex-amor em outro. Coloque em 1 prato e despeje um pouco de mel sobre eles. Acenda 1 vela sobre o prato e repita: “Esta chama determina a volta de quem amo e, em pouco tempo, minha paixão estará novamente ao meu lado”. Quando a vela terminar de queimar, recolha os restos de cera e jogue no lixo. Deixe o prato com as folhas no sereno durante 1 noite. Guarde e utilize a caneta de forma habitual. Jogue os demais materiais usados no lixo, inclusive o prato.


ATRAIR QUEM DESEJA

Faça no chão um círculo com sal grosso e escreva o nome do homem (ou da mulher) que gosta, bem no centro. Reze 1 Ave-Maria e repita por 7 dias. Todos os dias você deverá fazer um novo círculo e repetir a simpatia. Jogue tudo o que usou na simpatia no lixo.


AFASTAR TRAIÇÃO

Na primeira noite de Lua Minguante, passe as mãos sobre qualquer roupa da pessoa amada e faça o Sinal-da-Cruz, enquanto reza 3 Pais-Nossos. Em seguida, coloque 1 punhado de sal grosso sobre ela e peça para que o seu santo de devoção afaste traições. Lave a roupa, deixe secar e devolva a quem ama. Nunca conte para ninguém sobre a simpatia.


LIBERAR SUAS FANTASIAS

Em 1 bacia com água fervente, adicione 1 xícara (chá) de pétalas de rosa, 1/2 xícara (chá) de folhas de roseira, 1 colher (chá) de canela em pó, 1/2 colher (chá) de cravo, 1 colher (chá) de noz-moscada. Espere esse preparado amornar, coe tudo e, utilizando uma bucha vegetal, passe este líquido pelo seu corpo. Alterne esse ritual com massagens feitas por você mesma. Para isso, use um óleo perfumado da sua preferência. Lave e utilize a bacia normalmente. Utilize a bucha como de costume.


ALEGRIA COM A PESSOA AMADA

Logo pela manhã, acenda 1 vela cor-de-rosa sobre 1 pires e ofereça a Nossa Senhora de Lourdes. Pegue outra vela, de cor azul, acenda sobre o mesmo pires e ofereça ao anjo da guarda de quem você gosta. Faça uma prece que você considera forte e deixe as velas queimarem inteiras. O que sobrar delas, embrulhe em 1 jornal e jogue no lixo. Essa magia ganha ainda mais forças se feita no dia 11 de fevereiro, data de adoração à Santa.


AMARRAR UM AMOR

Num sábado, coloque 7 folhas de laranjeira dentro de 1 copo de vidro e jogue nelas algumas gotas de seu perfume preferido e também de mel. Depois, na hora de tomar seu banho, passe essa mistura em seu corpo e deixe por alguns minutos. Em seguida, enxágüe e peça ao seu anjo da guarda para que lhe arrume um grande e duradouro amor. As folhas que usou para o banho, pode jogar no lixo. Use o copo como de costume, após lavado.


PARA GARANTIR FIDELIDADE SEXUAL

Quando estiver nas preliminares com o seu parceiro, finja que inventou uma nova brincadeira erótica e amarre 1 fita vermelha e estreita no tornozelo esquerdo dele. Depois da transa, sem que ele perceba, pegue a fita e a amarre em 1 calcinha sua, que não poderá ser mais usada. Em seguida, repita 13 vezes: “A partir de agora, esse homem estará acorrentado para sempre a mim”.


PARA ELE SUMIR DE SUA VIDA

Para que ele a esqueça e você possa prosseguir livre de perseguições incômodas, pegue 3 papéis brancos e escreva neles 3 bilhetes. No primeiro, escreva: “Não te quero mais, não me queira mais. Que as águas te levem e não te tragam de volta”. No segundo: “Não penses em mim”. No terceiro: “Assim como foi jogado, rodou, sumiu e se afogou”. Jogue 1 por dia, em 3 dias seguidos, em água corrente (descarga ou rio).


REVER ALGUÉM QUE AMA

Escreva o nome da pessoa que quer rever em 1 pedaço de papel branco, dobre em 3 partes, vá até a porta de entrada da sua casa e pregue este papel com 1 prego que nunca tenha sido usado. Enquanto martela, repita em voz baixa: “Assim como eu martelo na cabeça desse prego, há de martelar na cabeça de (diga o nome da pessoa) a vontade de voltar para mim”. A simpatia deve ser feita ao meio-dia ou às 6 horas da tarde. Depois, retire o prego e jogue o papel no lixo. Acenda 1 vela branca em 1 pires e reze 1 Pai-Nosso ao anjo da guarda da pessoa. Os restos da vela devem ser jogados no lixo, junto com o prego. Use o martelo e o pires já lavado normalmente.


ELE LARGAR A OUTRA

Esta simpatia pode ser feita pela esposa, noiva ou namorada: escreva o nome dele em 1 pedaço de pano branco e coloque dentro de 1 pimenta dedo-de-moça. Encha a pimenta com sal grosso, aperte bem e enterre, dizendo assim: “O amor de (diga o nome dele) pela (diga o nome dela) e vice-versa, só irá para frente se esta pimenta brotar”. Em seguida, pise 3 vezes em cima do local onde enterrou a pimenta e diga o nome da pessoa amada.


TER UMA NOITE DE AMOR INESQUECÍVEL

Embrulhe 1 fotografia do seu amado em 1 lenço vermelho. Na noite anterior à transa, coloque 1 anel seu debaixo do seu travesseiro, junto com o embrulho. Antes de dormir, diga 3 vezes: “Cigana do amor, ajude-me a ter uma noite linda ao lado de (fale o nome do parceiro). Que ele me satisfaça assim como eu o satisfarei”. Depois da transa, coloque a foto dele em 1 porta-retratos em seu quarto. O lenço e o anel podem ser usados como de costume.


AMADO PENSAR EM VOCÊ

Vá até um lugar em que possa apreciar o céu, em uma noite de Lua Cheia. Olhe para a Lua e repita 33 vezes o nome da pessoa que quer conquistar. Em seguida, faça a seguinte oração: “Raios de luz, invadam o pensamento de (diga o nome do seu amor) e faça com que ele lembre de mim”. Você pode fazer essa magia quantas vezes quiser, só para o seu amado sempre pensar em você.


MULHER MAIS ARDENTE

Pegue 1 pedrinha vermelha, 3 sementes de romã e 1 pedacinho de casca de maçã. Junte tudo, embrulhe em 1 pano azul e dê 1 laço com 1 fita vermelha. Guarde esse patuá na bolsa. Depois, acenda 1 vela vermelha sobre 1 pires e peça assim: “Meus guias protetores, ajudem a me tornar uma mulher mais ardente, sensual e a fazer mais feliz o meu parceiro. Amém!”. Espere a vela terminar de queimar. O pires pode ser utilizado normalmente depois de lavado.


ESQUECER UM AMOR INGRATO

Escreva o nome do amor ingrato em 1 folha de papel branca. Coloque um pouco de farinha de trigo no papel, amasse-o bem, até formar uma bolinha, que deve ser guardada no congelador ou freezer. Logo em seguida, reze 1 Pai-Nosso e 1 Ave-Maria, oferecendo ao seu anjo da guarda. Só jogue a bolinha no lixo quando esquecer a pessoa que recusou o seu amor.


VIVA UMA LINDA HISTÓRIA DE AMOR

Se você iniciou uma relação há pouco tempo, mas quer que ela se transforme em uma linda história de amor, faça a seguinte magia: escreva, em 1 pedaço de papel, um poema contando uma história de romance, beleza e arte. Coloque o papel dentro de 1 concha do mar, sem apertar. Embrulhe a concha em 1 papel amarelo e deixe em uma praça próxima de sua casa. Saia do local rezando 1 Ave-Maria e 1 Pai-Nosso e não olhe para trás.


ESPANTAR A EX DELE

Compre 1 pedra quartzo rosa e deixe-a no sol por 1 dia. No dia seguinte, recolha-a e esfregue-a com a mão direita, mentalizando que cada vez mais a ex dele vai se afastar de vocês. Guarde-a embaixo da sua cama, mas sempre que se sentir ameaçada pela presença dela, coloque a mão na pedra e acredite que esse momento vai passar.


PAIXÃO ARDENTE

Na primeira noite de Lua Cheia, pegue 1 galhinho de jasmim, pétalas de 2 rosas brancas e 1 calcinha vermelha nova. Enrole tudo em 1 pedaço de papel de seda e deixe 2 noites no sereno. Depois, coloque embaixo da sua cama e não deixe que seu amado fique sabendo de nada. No início da noite, use a calcinha e guarde o papel de seda, o jasmim e as pétalas de rosas dentro de sua gaveta de calcinhas. Deixe lá para sempre e use a calcinha normalmente depois de lavada.


GARANTIR CASAMENTO SEM TRAIÇÃO

Na véspera do seu casamento, pegue 2 botões de camisa brancos e costure 1 ao outro. Pense que o seu noivo nunca terá outra mulher e que a felicidade será algo constante em sua vida de casada. Aperte os botões com o indicador e o polegar da mão direita, enquanto diz as palavras: “Abaê, abaê, abaê, eia, eia, eia, shalom, shalom, shalom”. Em seguida, jogue os botões no lixo. Seu casamento será sempre protegido e você não será traída.


APAIXONAR-SE POR VOCÊ

Em uma noite de Lua Crescente, Cheia ou Nova, pegue 1 punhado de levante, arruda macho, arruda fêmea, guiné, palma-de-santa-rita, cravos amarelos, cravos vermelhos, espada-de-são-jorge, 3 gotas de essência de sândalo e coloque em 3 litros de água. Ferva, coe e tome o banho, jogando o preparado do pescoço para baixo, pensando no gato que gostaria de conquistar. Enterre os restos das ervas em um jardim ou vaso florido. Lave bem as mãos após o ritual, mentalizando os bons momentos que gostaria de passar ao lado do seu amor.


FAMÍLIA ACEITAR O NAMORO

Numa vasilha que nunca tenha sido usada, misture 3 folhas de arruda e 3 de alecrim com um punhado de sal grosso e 2 gotas do perfume com essência de alfazema. Em seguida, junte 1 litro de água fervente, tampe e deixe descansar até ficar morno. Depois, acrescente 1 colher (sopa) de álcool utilizado na fabricação de perfumes. Coe esse preparado e coloque o líquido num vidro transparente para usá-lo sempre que começarem as discussões sobre o seu romance. Sua família começou a implicar com seu par, passe um pouco desse preparado nos pulsos, mentalizando que, a qualquer momento, tudo isso irá passar. Jogue as sobras da arruda e do alecrim no lixo.


CAMA ARDENTE

Para que o clima entre o você e o seu amado, na hora da transa, seja de muito desejo, acenda 1 incenso de patchuli no quarto, 2 horas antes do sexo, para que o ar do local do amor fique repleto de sedução e tesão. Espere o incenso terminar de queimar, recolha as cinzas dele e coloque em um vaso com flores vermelhas ou violetas, cores que estimulam a sexualidade e a libido do casal.


SER PEDIDA EM CASAMENTO

Para você ser pedida em casamento, numa sexta-feira, faça um chá com 3 folhas de laranjeira, 13 pétalas de girassol e 13 folhas de cipó. Espere amornar. Tome o banho normal e jogue o chá em seu corpo, do pescoço para baixo. Espere secar naturalmente. O que sobrar do banho, jogue em água corrente.


SEDUZIR A PESSOA DESEJADA

Recorte 1 pedaço de pano branco e faça 1 saquinho com ele, costurando com linha da mesma cor. Coloque 3 folhas de arruda, 3 de guiné, 1 ramo pequeno de alecrim e 5 pétalas de rosa vermelha dentro dele. Feche o saquinho com linha branca. Quando for tomar banho, esfregue o seu corpo com esse saquinho, mentalizando a pessoa que tanto deseja. Depois, diga: “Que todas as ervas trabalhem a meu favor e tragam para mim o grande amor que estou esperando”. Em seguida, ponha o saquinho para secar no sol e, quando estiver bem seco, guarde na sua gaveta de roupas íntimas pelo tempo que desejar.


GATO SER FIEL

Em um domingo, logo que acordar, segure 1 figa de madeira com a mão direita e repita: “Como aperto este objeto, aperto o coração de (fale o nome do seu namorado) para que ele só tenha olhos para mim e me ame com toda a força”. Em seguida, reze 1 Pai-Nosso, 1 Ave-Maria e guarde a figa na sua gaveta de roupas íntimas.


PARA ELE SER MAIS FOGOSO

Enrole 3 sementes de feijão em 1 lenço preto. Deixe o lenço durante 3 dias no mesmo recipiente em que você guarda o feijão (não na panela em que você cozinha, e, sim, na vasilha do mantimento). Retire da vasilha o lenço com os 3 grãos, plante em um vaso e enterre o lenço ao lado. Não se esqueça de cuidar bem dos grãos para brotarem. Assim como irá brotar o desejo do seu homem por você.


TIRAR DA MENTE UMA ANTIGA PAIXÃO

Pegue 1 caixa de fósforos nova, separe 7 palitos e escreva o nome da pessoa que deseja esquecer em cada 1 deles. Passe 1 batom de cor escura e beije cada palito, deixando bem marcados. Coloque os palitos de volta na caixa, embrulhe com 1 papel preto e jogue tudo no lixo.


SONHAR COM O SEU AMOR

No dia 28 de junho, véspera do dia dedicado a São Pedro, coloque a chave da porta principal da sua residência embaixo do seu travesseiro. Durante a noite, o homem que aparecer no seu sonho poderá ser o seu futuro amor. Assim que acordar, coloque a chave na porta novamente e não revele a simpatia para ninguém. Se quiser, pode fazer esse ritual em qualquer dia, desde que peça a ajuda de São Pedro para realizar.


REALIZAR FANTASIAS ERÓTICAS

Antes de encontrar seu parceiro, coloque 1 prego pequeno dentro de 1 concha. Embrulhe em 1 lenço branco e deixe tudo embaixo da sua cama até conseguir realizar seus desejos mais íntimos. Guarde o embrulho entre seus pertences pelo tempo que quiser. Se preferir, dê esse amuleto para uma amiga dizendo que ele vai proteger a vida sexual dela.


PARCEIRO FIEL

Pegue 1 imagem de Santo Antônio, escreva embaixo dela o nome do seu par e guarde dentro de 1 caixa de presente. Sobre a imagem, jogue as pétalas de 1 rosa vermelha e 2 anéis de bijuteria, que vão representar um par de alianças. Deixe essa caixa guardada no fundo do seu guarda-roupa ou gaveta e mantenha segredo dessa simpatia. Quando quiser se desfazer da caixa, deixe na igreja mais próxima da sua casa.


ACALMAR CIÚME

Compre 1 perfume para a pessoa amada e embrulhe em 1 papel cor-de-rosa. Ao lado do presente, acenda 1 vela branca sobre 1 pires e reze 1 Pai-Nosso, pensando no seu romance livre do ciúme. Espere a vela terminar de queimar, junte os restos e jogue no lixo. Lave e use o pires como de costume. Quando ele desembrulhar o presente, quem deve jogar o papel no lixo é você.


MULHER MAIS FOGOSA

Em 1 vasilha de metal, coloque pétalas de 1 cravo branco e de 1 rosa vermelha, 1 punhado de noz-moscada e 3 gotas de essência de lavanda. Coloque fogo dentro da vasilha com cuidado e, assim que tudo virar cinzas, recolha e coloque dentro de 1 saquinho plástico. Guarde esse saquinho dentro da sua gaveta de roupas íntimas. Lave e use a vasilha como de costume.


SER PEDIDA EM CASAMENTO

Numa sexta-feira qualquer, pegue 7 romãs, faça um buraco pequeno em cada 1 delas e coloque dentro 1 pedaço de papel com o nome do seu amado escrito com 1 caneta vermelha. Deixe as frutas na sombra durante 1 dia inteiro. Às 6 horas da manhã seguinte, jogue as romãs em um jardim florido e diga cada vez que atirar 1 delas: “Vá romã e aumente o amor do meu amado por mim, fazendo com que ele me peça em casamento”. Vá embora sem olhar para trás. Use a caneta como de costume.


AUMENTAR O DESEJO DO SEU MARIDO POR VOCÊ

Pegue 1 foto dele e cole em 1 cadeado com 1 pedaço de fita adesiva. Derrame mel por cima. Coloque o cadeado no chão e faça um círculo, intercalando 1 vela vermelha, 1 vela amarela, 1 vela branca, 1 vela vermelha, 1 vela amarela e 1 vela branca, cada 1 em 1 pires. Acenda as velas da direita para a esquerda e repita: “(diga o nome do seu marido), está amarrado em meu corpo e só terá olhos para mim. Só ficará satisfeito comigo e não desejará nenhuma outra, pois não funcionará”. Deixe as velas queimarem até a metade e apague. Jogue os restos no lixo, limpe a foto e guarde com carinho. O cadeado e os pires podem ser usados como de costume.


ACABAR COM PROBLEMA AMOROSO

Durante 3 dias seguidos, fique na frente da imagem de Nossa Senhora Desatadora dos Nós e diga: “Mãe amiga e protetora, livrai-me de todos os nós e embaraços. Que eu possa levar uma vida tranqüila de cristão, para doar amor aqueles que de mim necessitarem”. Termine sempre a frase fazendo o Sinal-da-Cruz e rezando 1 Salve-Rainha e 1 Ave-Maria.


COMO MANDAR EMBORA O CIÚME

Numa noite de Lua Minguante, faça 1 furo em 1 coco. Tire toda a água, coloque em 1 copo e tome tudo em pequenos goles até terminar. A cada gole diga: “O ciúme doentio não vê a luz do sol. Assim vivo eu, devido a esse ciúme que me faz mal. Quando eu terminar de tomar essa água purificada, estarei bem e esse sentimento tão perverso a minha alma nunca mais sentirá”. Após terminar de beber a água, coloque 1 pimenta-malagueta dentro do buraco do coco, dizendo: “Morra ciúme, para nunca mais voltar”. Tampe o buraco, dê 1 laço no coco com 1 fita vermelha e jogue no lixo. Use o copo como de costume.


PRENDER ALGUÉM

Parta 1 banana com casca no sentido do comprimento. Coloque nela, mel e um pouco de açúcar. Escreva o nome do seu amor 7 vezes seguidas num papel branco. Una a banana novamente e embrulhe-a com o papel, amarrando-o com uma linha vermelha. Embrulhe em plástico-filme e guarde durante 21 dias na geladeira. No final desse prazo, jogue tudo no lixo, de preferência em um dia de Lua Cheia.


ACABAR COM A ROTINA

Na primeira sexta-feira do mês, amarre 1 cueca dele e 1 calcinha sua com 1 fita azul que nunca tenha sido usada. No dia seguinte, assim que acordar, reze com bastante fé 1 Pai-Nosso, 1 Credo e 1 Ave-Maria para o seu anjo da guarda e o dele. As peças íntimas poderão ser usadas normalmente. Amarre a fita em uma árvore bem bonita e deixe lá. Saia do local sem olhar para trás e não revele essa simpatia para ninguém.


SEGURAR NAMORADO

Pegue 7 chaves de qualquer tamanho e amarre com 1 fita de cetim branca com o nome do seu amor escrito 7 vezes. Na ponta da fita, amarre 1 pequeno cadeado. Deixe tudo atrás da porta do seu quarto durante 7 dias. No oitavo, tire o laço das chaves e repita 7 vezes o nome do seu namorado. As chaves e o cadeado podem ser usados como de costume. Jogue a fita no lixo.


SER MENOS FRIA

Todas as manhãs, olhe no espelho e repita: “Eu sou uma pessoa maravilhosa e meu coração está cheio de amor para dar. Estou pronta para viver momentos de intenso prazer ao lado de quem amo. Não sou frígida, muito pelo contrário, sou quente como o fogo”.


SEGURAR SEU GATO

Escreva em 1 papel o nome do seu gato e amarre em 1 chuchu. Coloque no congelador, na última sexta-feira do mês e deixe lá por 3 semanas. Não o retire de lá, mesmo quando for limpar a geladeira. Só depois das 3 semanas é que ele pode ser jogado no lixo.


ESQUECER AQUELE ALGUÉM

Jogue em água corrente 1 pequeno objeto que ele usou, como por exemplo um isqueiro, chaveiro, ponta de cigarro e diga: “Água, leve para bem longe de mim todo o sentimento que me envolve a respeito de (diga o nome da pessoa 3 vezes)”. Saia do local sem olhar para trás.


CONQUISTAR QUEM DESEJA

Compre uma árvore-da-felicidade (encontrada em lojas de produtos esotéricos), aquela que vem cheia de pedrinhas protetoras. Mande embrulhar para presente e dê à pessoa que está querendo conquistar. Só que antes, benza o pacote com 1 ramo de alecrim, em forma de cruz, fazendo uma oração bem bonita ou então, tenha com Deus um diálogo franco, aberto e sincero. É preciso acreditar naquilo que deseja e ter muita fé, senão a simpatia pode falhar.


CURAR DESÂNIMO NA HORA H

Pegue 3 galhos pequenos de eucalipto e prepare um chá com eles. Durante 3 sextas-feiras seguidas, tome o chá, mentalizando o seu pedido.


DIMINUIR CIÚME

Para acabar com o ciúme, sem perder o amor, esta simpatia é muito boa: pegue 1 galho de louro e enrole nele 1 pedaço de algodão (como um cotonete), faça um pequeno furo em uma bananeira e deixe cair 7 gotas de nódoa em cima de 1 espelho. Pegue a haste que fez com o galho e o algodão e escreva com a nódoa o nome da pessoa ciumenta no espelho. Amarre a haste na perna de 1 mesa ou cadeira com 1 linha preta e deixe lá até secar e cair sozinha. Lave e use o espelho normalmente.


DEIXAR O GATO APAIXONADO

Numa noite de Lua Cheia pegue 1 travessa de louça e coloque dentro 1 foto pequena do seu namorado. Deixe a travessa em algum lugar onde ela possa receber os raios da Lua. De manhã, pegue a foto e, com um lápis, faça setas apontadas para o centro nas quatro pontas. Carregue essa foto sempre com você na carteira ou bolsa. Use o lápis normalmente.


REANIMAR O SEXO

Bata no liquidificador 2 ovos de codorna, 200 gramas de amendoim, canela a gosto, 1 cálice de conhaque e 1 cerveja preta por cinco minutos e, em seguida, coloque tudo na geladeira. Tome um copo desse líquido três vezes ao dia, durante uma semana.


ELE PENSAR EM VOCÊ

Fique de frente para o Sol nascente e chame 33 vezes o nome da pessoa amada. Então diga: “Raios de Sol, atinjam a mente de (diz o nome dele) e impulsionem o seu pensamento até mim”.


TER DE VOLTA O EX

Acorde bem cedo, pegue 1 copo de vidro que nunca tenha sido usado, encoste na sua boca e diga 3 vezes o nome do seu ex-namorado. Vire o copo de boca para baixo num lugar onde ninguém veja e deixe lá por 5 dias. Lave o copo no sexto dia e guarde onde ninguém mais o use. Quando a pessoa amada vier falar com você, sirva uma bebida qualquer para ela nesse copo. Não deixe de rezar 1 Pai-Nosso para Santo Antônio todas as noites até conseguir o que deseja. O copo deve ser jogado no lixo.


FICAR IRRESISTÍVEL

Durante 7 sextas-feiras seguidas, ferva em 1 panela grande 3 litros de água, adicionando 7 pétalas de rosa vermelha e 7 pitadas de açúcar. Espere esfriar, separe as pétalas e jogue o líquido no vaso sanitário, enquanto repete as seguintes palavras: “Assim como o aroma das rosas é sedutor e o açúcar gostoso, também serei sedutora e gostosa para os muitos homens que hei de conquistar”. Jogue as pétalas no lixo e use a panela normalmente.


REACENDER CHAMA DO PRAZER

Na primeira segunda-feira do mês, compre 1 peça de roupa branca e presenteie a pessoa amada. Depois, vá até uma igreja e assista uma missa. Na saída, compre qualquer objeto que seja vendido na igreja e ofereça para a pessoa amada, recomendando que ela guarde com carinho junto com suas peças íntimas.


ENLOUQUECER O SEU PAQUERA

Pegue 1 lápis de olho preto e escreva o nome do seu paquera em 3 calcinhas que não sejam novas. Depois de usar as peças, lave todas de uma única vez e jamais deixe que o seu amado descubra essa simpatia. Continue usando o lápis e as calcinhas como de costume.


ACABAR COM A SOLIDÃO

Prepare um almoço bem gostoso e convide a pessoa que você ama. Depois que os dois já estiverem satisfeitos, busque a sobremesa. Para que a simpatia dê certo, você terá que comer a metade de 1 banana e ele, a outra. Assim, a paixão aparecerá na certa.


REACENDER CHAMA DO PRAZER

Na primeira segunda-feira do mês, compre 1 peça de roupa branca e presenteie a pessoa amada. Depois, vá até uma igreja e assista uma missa. Na saída, compre qualquer objeto que seja vendido na igreja e ofereça para a pessoa amada, recomendando que ela guarde com carinho junto com suas peças íntimas.


ARRUMAR MARIDO AOS 40

Você deve assistir a 7 missas em uma igreja de Santo Antônio, aos domingos, oferecendo as 7 para Nossa Senhora Mãe de Jesus. Depois, é só aguardar o pretendente.


CHEGA DE BRIGAS

Prenda 3 galhos de avenca com 1 alfinete de segurança, atrás da cortina do quarto do casal. Os 3 galhos devem permanecer lá até a harmonia conjugal voltar. Depois, tire de lá e jogue no lixo.


FRIGIDEZ

Na Lua Crescente, pegue 1 roupa íntima sua usada e, antes de lavar, coloque aos pés de 1 bananeira e não mexa mais. Esta simpatia deve ser feita durante 3 dias da Lua Crescente. Não esqueça de acender 1 vela branca sobre 1 pires para o seu anjo da guarda. Enterre as sobras da vela e sua roupa íntima aos pés da bananeira. O pires pode ser reutilizado depois de lavado.


BANHO DA SENSUALIDADE

Ferva algumas folhas de laranjeira e de lima-de-umbigo em 3 litros de água. Depois de morno, coloque um pouco de mel puro e algumas gotas do perfume de sua preferência. Jogue a mistura da cintura para baixo e deixe o corpo secar naturalmente.


PARA QUEM ESTÁ SEPARADA E SÓ

Esta simpatia também serve para o homem que está nessas condições. Pegue 1 estrela-do-mar (encontra-se em casas especializadas em artigos de umbanda), embrulhe em 1 papel branco e amarre com 1 fita branca. Coloque o embrulho aos pés de 1 imagem de Santo Antônio, preferencialmente em uma igreja deste Santo. Reze 1 Pai-Nosso e 1 Ave-Maria, pedindo ao Santo para que ele atenda seu pedido.


SEXO NA TERCEIRA IDADE

Coloque 7 pedaços de folha de catuaba para ferver dentro de 1 bule com 2 copos de água. Assim que ferver, apague o fogo e deixe em infusão por 3 minutos. Durante 3 semanas, tome 1 colher (sobremesa) desse chá antes de se deitar. De manhã você sentirá o seu corpo revitalizado e com muita força.


DOR-DE-COTOVELO

Para curar dor-de-cotovelo por causa de um amor fracassado, pegue 1 foto do seu amado e coloque junto com a sua dentro de 1 pires com água e sal. Cubra com filme plástico e deixe perto da sua cama durante 1 semana. Coloque ao lado do pires o último presente que a pessoa que quer esquecer lhe deu. Todos os dias de manhã, molhe o dedo indicador na água com sal do pires, passe na testa e diga: “Assim como esta água está amarga e salgada, assim eu quero que fique a imagem de (diga o nome da pessoa) em minha memória”. No final de tudo, pegue o pires, o que sobrar da água, do sal, a foto e jogue tudo em um lixo.


AUMENTAR O DESEJO NA INTIMIDADE

Para estimular ainda mais os desejos sexuais, tanto os homens quanto as mulheres devem colocar 15 folhas de beladona e 1 rosa vermelha em 1 vasilha de barro. Adicione água quente e, quando a água já estiver fria, despeje da cintura para baixo. A pessoa deve se enxugar com 1 toalha branca, de preferência que nunca tenha sido usada. O banho deve ser feito toda a sexta-feira até obter o resultado desejado.


ESPOSA “ARDENTE” DEMAIS

O marido deve fazer a simpatia. Encha 1 bacia com água fria e acrescente 1 colher (sopa) de sal grosso, 1 colher (sobremesa) de bicarbonato de sódio e 1 calcinha dela, deixando na mistura por 1 hora. Retire e coloque para secar ao sol. Feito isso, a esposa deve usar normalmente a calcinha, mas sem saber da simpatia.


CASAMENTO FELIZ

Quando estiver faltando 3 dias para o casamento, passe um pouco de mel pelo corpo todo, antes de tomar seu banho normal. Acenda 1 vela sobre 1 pires, no banheiro e, ajoelhada em frente a ela, reze com toda a fé que possui, uma oração em que você acredita muito. Depois, tome um banho, tirando bem o mel do corpo. Reze em seguida 1 Salve-Rainha a Nossa Senhora da Paz. O que sobrar da vela, jogue no lixo. O pires pode ser reutilizado depois de lavado.


IMPOTÊNCIA MASCULINA

A pessoa que está com o problema deve pegar 7 ovos de galinha (dê preferência para ovos caipiras). Bata a gema de 1 deles com canela e tome. Repita isso todas as manhãs até os ovos acabarem, pensando sempre na finalidade desejada.


TER UM AMOR LEGAL DO LADO

A vela tem poderes energizadores sobre a vida das pessoas, graças à força da natureza. Sua chama representa aquilo que você tanto deseja. Por isso, é importante acender sempre 1 vela ao seu anjo da guarda, pois as energias vão vibrar de uma forma muito positiva ao seu redor. Quando estiver acendendo a vela, nesse caso a marrom, com o pensamento fixo naquilo que quer, faça uma oração bem poderosa, de sua devoção. Quando a vela acabar, pegue o que sobrar e enterre junto a uma roseira bem florida.


AMOR ETERNO E SEM TRAIÇÕES

Para viver uma linda história de amor, compre 1 plantinha chamada boca-de-leão e, na terra do vaso, coloque 1 bilhete onde deve estar escrito o seu nome e o nome dele, acrescentando esta frase: “Eu (escreva o seu nome) quero que (escreva o nome dele) me ame eternamente, com obstinação e que nunca me traia”. A partir desse momento regue sempre a plantinha, que crescerá garantindo amor eterno e fidelidade ao seu relacionamento.


FIRMAR PAIXÃO

Marque um encontro com a pessoa que você ama na primeira sexta-feira do mês. Quando for encontrá-la, leve 2 galhinhos de alecrim na bolsa. Esconda 1 galhinho no local do encontro e o outro, depois de 3 dias, jogue no vaso sanitário.


FUGIR DA MONOTONIA

Na primeira sexta-feira do mês, use 1 peça íntima (pode ser uma calcinha ou um sutiã) de cor amarela. Na manhã seguinte, retire-a e lave junto com 1 peça de roupa do seu par, enquanto repete com muita concentração e fé esta frase: “Como esta roupa fica bem clara e limpa como se fosse nova, assim também eu quero que fique o meu relacionamento”. Feito isso, você pode usar a sua peça de roupa normalmente e devolva a peça dele.


CASAR-SE NOVAMENTE

Vá até uma floricultura e escolha a planta que mais lhe agradar. Leve-a para casa e, com cuidado, enterre no vaso um pingente em forma de coração. Coloque o vaso em um lugar de destaque de sua casa. Ao regá-lo, diga com bastante fé: “Assim como você precisa de proteção e carinho, também preciso eu. Leve meu recado à Grande Deusa, dizendo que quero um novo companheiro”.


ACABAR COM AMOR PLATÔNICO

Mantenha em sua bolsa um potinho (tampado) contendo a seguinte mistura: pimenta-do-reino em pó, coentro em pó e sal fino. Sempre que se lembrar ou encontrar quem você ama, jogue 3 pitadas do preparado por trás dos seus ombros. Em seguida, reze ao seu anjo protetor, pedindo forças para esquecer esse amor não-correspondido.


RECONCILIAÇÃO

Pegue uma maçã bem vermelhinha, parta-a ao meio e retire as sementes. Pegue um pedaço de papel e escreva o seu primeiro nome e o do seu amor. Coloque o papel dentro da maçã e derrame um pouco de mel. Junte as 2 partes e enrole a fruta com lã vermelha, até que não apareça nem um pedacinho dela. Coloque-a dentro de uma sacola, fechando bem. Durante 7 dias seguidos, sempre no mesmo horário, reze ao seu anjo da guarda e ao do seu amor, pedindo para que ele promova a reconciliação entre vocês. Jogue a sacola no lixo.


ROLO VIRAR NAMORO

Você vai precisar de: 1 pedaço de papel rosa, 1 caneta vermelha, 1 pires, 1 punhado de açúcar, 1 vela rosa e 1 Bíblia. Como fazer: Desenhe dois elos de uma corrente entrelaçados e, dentro de um, escreva “eu, (seu nome)” e, no outro, “quero namorar com (nome do gato)”. Dobre o papel em quatro partes e coloque-o embaixo do pires. Em cima dele, coloque a vela e espalhe o punhado de açúcar em volta. Enquanto a vela queima, mentalize somente coisas positivas e peça para que o seu anjo da guarda ajude-a a conquistar de vez o coração desse gato. Quando acabar, jogue o resto da vela e o açúcar no lixo, coloque o pires para uso normal (depois de lavá-lo) e guarde o papel dentro de uma Bíblia.


PAQUERA ENXERGAR VOCÊ

Você vai precisar de: 1 folha de papel cor-de-rosa e 1 caneta. Como fazer: Escreva o nome completo do seu paquera no papel e dobre-o em quatro partes. Coloque embaixo do seu travesseiro por uma semana. Na hora de dormir, peça uma forcinha extra ao seu anjo da guarda, para que ele ilumine o coração do gato. Depois de uma semana, jogue o papel no lixo. Se, ainda assim, o garoto não reparar em você, é porque ele não era mesmo o carinha certo para fazê-la feliz.


FICAR IRRESISTÍVEL

Você vai precisar de: 1 copo d’água, 3 pitadas de sal, seu perfume preferido, 1 Bíblia, 1 rosa vermelha e 1 vaso. Como fazer: Coloque o sal no copo e 3 gotas do perfume. Ao lado dele, coloque a rosa. Durante 4 noites, ajoelhe-se ao lado e peça ao seu santo que a faça irresistível. Jogue a água na pia e guarde a rosa dentro da Bíblia. Lave o copo e use-o normalmente. Quando a flor murchar, enterre-a em uma vaso.


ATRAIR PAQUERAS

Pegue 7 folhas de laranjeira e coloque embaixo do seu colchão, deixando lá até que sequem, sempre mentalizando paqueras para sua vida afetiva. Depois disso, faça um saquinho de pano branco e coloque as folhas dentro. Carregue esse saquinho sempre com você.


FELICIDADE NO ROMANCE

Pegue 1 objeto qualquer do seu amado e outro seu. Junte os dois, embrulhe em 1 pedaço de pano branco. Jogue num saco de lixo virgem e coloque imediatamente na lixeira da rua, saindo de lá sem olhar para trás. Reze 1 Pai-Nosso.


SUCESSO NA CONQUISTA

Pegue 2 velas virgens, de preferência cor-de-rosa, e escreva o seu nome com uma agulha em uma delas. Na outra, com a mesma agulha, marque o nome do seu amor. Em seguida, reze 2 Pai-Nossos e ofereça ao seu santo de devoção. Acenda as velas, deixe-as queimar até o fim e depois jogue tudo o que usou na simpatia no lixo.


FAZER AS PAZES

Compre uma maçã bem vermelha, corte uma tampa dela e retire o miolo com o auxílio de uma colher. em seguida, pegue 1 pedaço de papel branco e escreva nele o seu nome e o da pessoa que você ama. Coloque dentro da maçã, juntamente com mel, pó de gamação e pó de amor(à venda em lojas de produtos religiosos). Feche a maçã com tampa, amarre uma fita verde de 50cm e dê um laço. Depois, enterre-a num vaso ou jardim bem florido. Regue o local dia sim, dia não, com um copo de água com açúcar. O copo deve ser reservado apenas para essa utilização.


SEU AMOR A SEUS PÉS

Você vai precisar de: 1 latinha de guaraná, 1 caneta virgem, 1 folha de papel virgem, vaso ou jardim. Como fazer: A simpatia conta com a ajuda de São Cosme e São Damião, santos que adoram doces. Beba metade do guaraná e, com a caneta, escreva o seu nome e o dele em forma de cruz no papel virgem. Num jardim, coloque a latinha e o papel e diga: “São Cosme e São Damião, ofereço a vocês esta garrafa com metade do guaraná em troca da paixão de (diga o nome do gato). Prometo que logo que eu conseguir, darei a outra metade do guaraná em agradecimento”. Dito isso, guarde a latinha e o papel até que o garoto se amarre em você. Depois, é só despejar naquele jardim ou vaso o restante do guaraná, agradecendo mentalmente aos santinhos. Pode jogar o papel e a lata vazia no lixo.


FORCINHA DO CUPIDO

Você vai precisar de: 1 foto sua, 1 foto do garoto, 1 envelope branco, 1 caneta vermelha e 1 porta-retrato. Como fazer: Pegue as fotos de vocês e coloque-as no envelope. No destinatário, escreva “Para o Cupido” com a caneta vermelha. Guarde o envelope em sua gaveta de roupas íntimas até que consiga conquistá-lo. Então, coloque as fotos em um porta-retratos e jogue o envelope no lixo.


PARA VÊ-LO HOJE

Você vai precisar de: 1 folha de papel, 1 caneta, 1 prato, 1 colher (sopa) de mel, 1 incenso de patchuli e 1 porta-incenso. Como fazer: Escreva o nome do gatinho que você está louca para encontrar no papel e coloque no prato. Pingue o mel em cima e passe a fumacinha do incenso em forma de Sinal-da-Cruz uma vez sobre o prato. Deixe-o queimar até o final no porta-incenso. Quando acabar, sopre as cinzas ao vento enquanto diz: “Vai, perfume da paixão, e traga (diga o nome do seu amor) para junto do meu coração”. Depois, jogue o conteúdo do prato no lixo e lave-o, devolvendo-o ao seu uso normal.


AMARRAR O GATO DE VEZ

Você vai precisar de: 3 fitas vermelhas de cetim e 1 caneta. Como fazer: Pegue as 3 fitas e escreva o nome dele em cada uma delas. Depois, visite 3 lugares onde ele costuma ir e, ao passar em frente, dê um nó em cada fita, sem que ninguém perceba. Guarde-as em sua gaveta de roupas íntimas até que o garoto fique caidinho por você. Então, segure-as firmemente nas mãos enquanto diz: “Que os anjos do amor protejam o meu coração e me façam muito feliz ao lado dessa pessoa que eu escolhi pra minha vida”. Depois, pode jogar as fitas no lixo.


ELE VOLTAR

Pegue uma maçã e corte-a ao meio, retirando o miolo. Escreva o seu nome e o dele em um pedaço de papel, de qualquer cor, e coloque dentro da maçã, juntamente com o mel. Junte as duas partes da fruta e amarre com uma fita verde, fazendo um laço. Depois, enterre a fruta num jardim, e durante 13 dias, a contar do dia que está realizando a simpatia, reze para seu anjo da guarda, todas as noites, com um copo de água com açúcar nas mãos, pedindo que ele volte a ser o homem que você pediu a Deus. Depois de tudo feito, tente chamar sua atenção ou algum contato com ele.


ESQUECER SEU EX

Arrume 1 pedra azul, coloque-a no bolso e vá até uma igreja, num domingo. Assim que entrar no local, ajoelhe-se e faça uma oração ao arcanjo Miguel, pedindo a ele que ilumine a sua vida e afaste toda a infelicidade que possa estar sentindo. Ao sair da igreja, pare perto da porta, segure a pedra na mão esquerda e mentalize o seguinte: “Maravilhosos são os raios solares que vêm do céu para aquecer a minha alma, faça-me esquecer um amor antigo e abram o meu coração para um novo amor. Que todos os meus problemas sejam resolvidos e só a felicidade faça parte da minha vida”. Esta pedra será o seu talismã, por isso, não deixe que ninguém a toque e carregue-a sempre com você.


GANHAR O CORAÇÃO DELE

Com 1 caneta vermelha, escreva o nome de quem você deseja conquistar em 1 papel branco. Dobre o papel até fazer um embrulho pequeno e amarre-o com 1 pedaço de fita vermelha. Depois, passe um pouco de mel no pacote, reze 3 Pais-Nossos para o seu anjo da guarda, pedindo a ajuda dele para conquistar quem deseja e, em seguida, jogue o embrulho no lixo. A caneta pode ser usada normalmente.


ACHAR UM MARIDO

Arrume 1 imagem de Santo Antônio, fique na frente dela e diga as seguintes palavras: “Meu querido Santo, interceda junto a Nossa Senhora, Mãe de Jesus, para que ela me ajude a arrumar um marido, assim como lhe foi arrumado José”. Reze, em seguida, 2 Pais-Nossos e 3 Ave-Marias. Guarde a imagem com carinho no seu quarto.


AFASTAR RIVAL

Pegue um vidro que tenha tampa e coloque 2 pimentas vermelhas dentro, com álcool até a metade. Depois, pegue 2 papeizinhos brancos e sem pauta. Num deles você escreve o nome do seu amor e no outro o nome da rival. Jogue os papeizinhos dentro do vidro, tampe e agite, levando-o em seguida para a geladeira, congelador ou freezer. O vidro deverá ficar intocável até a pessoa sair do seu caminho. Quando isso acontecer, é só enterrar num jardim. Ninguém pode tomar conhecimento da simpatia.


PAZ NO RELACIONAMENTO

Compre 7 pedaços de maria-mole e embrulhe-os com um papel branco com o nome do seu amor escrito. Deixe o embrulho no quintal ou em um jardim, oferecendo-o para São Cosme e São Damião. Faça uma oração pedindo a solução do seu problema.


TRANSFORMAR A PAQUERA EM COMPROMISSO SÉRIO

Com 1 palito de dente, escreva o nome do seu pretendente em uma barra de manteiga. Coloque-a no congelador e depois de 7 dias retire-a de lá e diga: “Acabou-se o gelo; o meu amado ficará derretido por mim e, cada vez mais, terá vontade de estar ao meu lado, assumindo um compromisso sério comigo.” Use essa manteiga para fazer um bolo e, se for possível, convide seu amado para comê-lo com você. Jogue o palito de dente no lixo e utilize o resto da manteiga do jeito que quiser.


ACABAR COM A TIMIDEZ NA CONQUISTA

Ferva ½ litro de água e acrescente 5 pitadas de canela. Espere amornar: adicione 1 colher (sopa) de açúcar e tome o chá. Na mão direita, segure uma figa de madeira e na esquerda, 1 olho de cabra. Levante os braços e peça ao seu anjo da guarda que a projeta contra a timidez. Guarde a figa e o olho de cabra na sua bolsa ou carteira e, na primeira noite de Lua Crescente, enterre-os em um vaso. Em cima, plante 1 cravo vermelho. Reze 1 Pai-Nosso em voz baixa e faça o Sinal-da-Cruz com muita fé.


PRENDER SEU AMOR

Misture 1 colher (sopa) de mel, 1 galho de alecrim picado, 1 pitada de canela e 3 gotas do seu perfume preferido. Pegue 1 cueca do homem que ama e a coloque sobre um prato descartável. Derrame a mistura sobre a peça formando uma cruz e diga em voz alta: “Você me pertence e eu te pertenço. Em nome das forças do bem, a paixão nos une e o desejo nos ata”. Depois, deixe a peça alguns minutos ao sol. Lave e devolva a cueca ao homem, sem que ele perceba. Jogue o restante no lixo.


ACABAR COM O CIÚME DA SOGRA

Coloque 13 pedrinhas de sal grosso em um copo com água e deixe em cima da geladeira de um dia para o outro. Ao se levantar no dia seguinte, pegue o copo com sua mão direita, faça uma cruz no ar com ele e com os olhos fechados, reze, com bastante fé, 1 Pai-Nosso e 1 Ave-Maria, oferecendo as orações à sua sogra e ao anjo da guarda dela. Jogue a água num vaso no quintal ou em qualquer outro lugar que tenha terra. Lave o copo e volte a usá-lo normalmente. Repita a simpatia quantas vezes quiser.


CONQUISTAR O QUE DESEJA

Acenda 1 vela branca e ofereça a Santo Expedito, pedindo, com muita fé, para que ele atenda o seu pedido. Na hora em que estiver prestes a conseguir o que deseja, bate o pé direito 3 vezes, dizendo o nome do santo. Jogue os restos da vela no lixo.


NUNCA MAIS LEMBRAR DO EX

Numa segunda-feira, às 6h da tarde em ponto, pegue 1 copo branco, virgem, cheio de água e despeje num vaso onde tenha alguma plantinha de cor roxa. Acenda ainda 1 vela, também roxa, e ofereça ao seu anjo da guarda, pedindo para esquecer de uma vez por todas do seu ex-amor. Deixe o material junto da vela até que ela se apague por completo. Só depois embrulhe tudo num jornal e jogue no lixo.


COMPANHEIRO CARINHOSO

Dê 1 beijo no umbigo dele durante 7 domingos seguidos. Depois, escreva o nome dele numa folha de papel branco 7 vezes e enterre junto à flor que você mais gosta.


HOMEM SE AMARRAR

Numa sexta-feira qualquer, de preferência à noite, coloque a foto do seu amor embaixo do seu travesseiro, juntamente com 3 dentes de alho e um pedaço de fita vermelha. No dia seguinte, ao amanhecer, enterre os 3 dentes de alho junto à porta da frente da sua casa(ou num gramado), dando 3 nós bem apertados na fita. Guarde a foto entre suas roupas íntimas.


AMOR RETORNAR

Numa segunda-feira de Lua Cheia, coloque dentro de um pires branco, novo, um pouquinho de mel de abelhas puro e 3 gotas da essência que você mais gosta. Depois, com uma caneta de tinta vermelha, escreva o nome completo de quem ama num pedaço pequeno de papel branco. Dobre-o e mergulhe-o no mel. Em seguida, coloque o pires com tudo dentro debaixo de sua cama. Todas as noites, antes de dormir, reze um Pai-Nosso e uma Ave-Maria para o anjo da guarda da pessoa amada. Deixe lá até o seu amor voltar. Quando isso acontecer, retire o pires e jogue o resto em água corrente. Pode colocar água no pires para evitar formigas.


AUMENTAR PODER DE SEDUÇÃO

Você vai precisar de: 2 rosas brancas, 2 rosas vermelhas, 1 colher (sopa) de mel, 5 gotas de perfume de lavanda, 1 vasilha grande, 2 litros de água. Como fazer: Numa sexta-feira, de preferência de Lua Cheia, pegue a vasilha, coloque a água (fervida ou filtrada), as gotas do perfume, as pétalas das rosas e o mel. Mexa tudo muito bem com a mão esquerda e, em seguida, lave seu rosto e seus braços nesta água, mas não se enxugue. Aponte as duas mãos para a lua e diga: “Linda lua, lua maravilha, ensina-me os poderes de sedução e mostre o verdadeiro caminho da felicidade”. Deixe a vasilha tomar o sereno da madrugada e, na manhã seguinte, jogue a água no jardim.


PARA CONSEGUIR DE VOLTA O AMOR QUE PERDEU

Acenda uma vela cor-de-rosa e reze o Salmo 24 para o anjo Haziel, pedindo para ele trazer de volta o homem que você ama. Faça essa simpatia com muita fé e concentração. Deixe a vela queimar até a metade, embrulhe o que sobrou num papel de seda azul e jogue tudo no lixo.


CASAR COM QUEM DESEJA

Compre 1 metro de fita branca, escreva nela com 1 caneta de tinta preta o nome do seu amor. Isso deve ser feito numa das pontas da fita. Na outra ponta, escreva o seu nome. A partir daí, faça a simpatia durante 21 dias, dando 1 nó por dia antes de se deitar, dizendo: “Essa fita tem 1 nó que vai te amarrar a mim”. No dia seguinte: “Essa fita tem 2 nós que vão te amarrar a mim”. E assim por diante até aos 21 nós. No final, amarre a fita no pulso esquerdo e deixe até cair sozinha. Quando cair, enterre em um vaso bem florido.


CONQUISTAR PESSOA AMADA

Coloque 1 colher de mel num pires. Escreva em 1 pedaço de papel branco o nome da pessoa amada com uma caneta de tinta preta e ponha embaixo do pires, deixando 1 copo com água sempre ao lado. Durante 3 dias seguidos, reze 1 Pai-Nosso, pedindo para que seu desejo seja realizado. Após esse período, jogue a água num jardim bem florido e o pires, volte a usar normalmente, após bem lavado e jamais conte a alguém que fez essa simpatia.


CONQUISTAR SEU AMOR

Acenda uma vela roxa durante a Lua Nova. Coloque um copo cheio de água próximo à vela e acenda ao lado um incenso de rosa ou jasmim. Desenhe um coração em uma folha de papel que nunca tenha sido usada. Fixe o seu olhar para o coração e diga: “quando olho para esse coração aberto, tão cheio de alegria, sinto o começo do amor e da felicidade percorrendo o meu ser”. Os restos da vela e do incenso devem ser jogados no lixo.


PRENDER NAMORADO

Pegue a cueca dele e com uma linha vermelha costure-a em uma calcinha preta sua. Enquanto estiver costurando, diga: “Assim como eu prendo a sua cueca, prendo também o seu amor”. Coloque a calcinha e a cueca em um saco plástico, guarde-o e nunca mais use a sua peça.


A LUA E A RECONQUISTA

Numa noite de Lua Cheia pegue uma travessa de louça e dentro dela coloque uma foto pequena do seu amor. Deixe a travessa em algum lugar onde ela possa receber os raios da Lua. De manhã, pegue a foto e, com um lápis, faça setas apontadas para o centro nas quatro pontas. Carregue essa foto sempre com você. O lápis pode ser usado normalmente.


ENLOUQUECÊ-LO DE PAIXÃO

Pegue 1 maçã vermelha e faça um buraco no centro dela. Escreva o seu nome e o dele em papel e coloque dentro do buraco. Cubra a maçã com um pouco de mel e embrulhe-a num papel verde. Reze 3 Pais-Nossos e 2 Ave-Marias, depois jogue o embrulho no lixo.


ATRAIR QUEM DESEJA

Em qualquer sexta-feira do mês, coloque uma panela com água no fogo e deixe ferver. Quando a fervura estiver no ponto, jogue bastante açúcar, pensando firmemente no rapaz de quem gosta, dissolva-o dizendo: “assim como está fervendo essa água, vai ferver o seu coração quando me vir”. Espere esfriar a água e jogue tudo no vaso sanitário, dê descarga e saia do lugar sem olhar para trás.


TER O GATO DOS SEUS SONHOS

Recite todas as manhãs, durante 7 dias seguidos, a seguinte frase: “Anjo mensageiro de Deus, que sois a minha guarda. Dia e noite zelai por mim, iluminando-me e fazendo-me encontrar aquele alguém que tanto desejo”. Depois, acenda um incenso de almíscar e reze o Salmo 114. Junte todos os dias as cinzas que sobrarem dos incensos e no final dos 7 dias vá até a uma praça e assopre as cinzas ao vento, agradecendo a todas as almas boas. Saia de lá abençoando o seu pedido e rezando 1 Pai-Nosso. Não olhe para trás.


PRENDER O GATO

Abra a Bíblia, reze o Salmo 91 e, em seguida, faça uma oração a Santa Rita de Cássia. Escreva num papel o seu pedido e deixe na página do Salmo 91. Só retire o papel de lá quando conseguir o que quer, jogando-o em seguida no lixo. Acenda uma vela branca para a santa. As sobras da mesma enterre-a aos pés de uma roseira bem bonita.


TIMIDEZ NA CAMA

Coloque 1 carvão dentro de 1 copo virgem. Complete com um pouco de água mineral com gás e deixe descansar por 7 dias, num lugar onde ninguém mexa. Depois desse tempo, logo ao acordar, lave as mãos com esse preparado e imagine que toda a sua timidez está escorrendo pelo ralo. Jogue o carvão no lixo e use o copo como de costume.


PARA AMARRAR A SUA PAIXÃO

Parta 1 banana com a casca, no sentido do comprimento. Jogue por cima dela mel, melado e açúcar. Depois, escreva o nome da pessoa que você quer conquistar, 7 vezes seguidas, em um pedaço de papel virgem. Pegue as duas partes da banana e junte-as novamente. Embrulhe a fruta com o papel e amarre com uma linha virgem. Guarde o pacote dentro da sua casa em um local protegido das formigas (pode ser dentro de uma lata) por 21 dias. Quando terminar o prazo, embrulhe tudo num jornal e jogue no lixo.


PARA APRESSAR RECONCILIAÇÃO

Escreva o nome do seu amor 3 vezes numa vela branca, sempre de cima para baixo. Em seguida, enrole uma fita ou linha amarela do tamanho da sua altura, na vela, acenda-a e ofereça ao anjo da guarda do seu amor. O que sobrar deve ser guardado em sua gaveta de roupas íntimas ou enterrado em um gramado bem bonito.


EX-NAMORADO VOLTAR

Você vai precisar de 16 bolinhos doces de farinha de trigo, óleo virgem para a fritura, 1 fita branca, 1 saquinho de estopa, ramos de alecrim e 1 vela. Como fazer: faça os bolinhos fritando no óleo, jogando logo em seguida o óleo em água corrente (na pia). Depois de feito isso, pegue a fita a amarre-os dentro do saquinho de estopa com os ramos de alecrim. Após 8 dias, faça novamente 8 bolinhos e substitua-os por aqueles que estavam no saquinho, jogando-os numa lixeira perto de sua casa. Junte novamente os ramos de alecrim (que podem ser aqueles já usados anteriormente) e deixe os 8 bolinhos dentro do saquinho amarrado novamente por 8 dias. No 9º dia leve tudo aos pés de uma árvore e deixe lá. Volte para casa e acenda uma vela, oferecendo os pertences a São Cosme e São Damião.


ACABAR COM O CIÚME

Numa noite de Lua Nova, durma com uma peça de roupa do seu amor. Quando acordar, dobre-a sem lavar, dizendo o seguinte: “(diga o nome dele), São Manso te amanse como um manso cordeiro”. Fale essa frase três vezes, batendo o pé esquerdo no chão sempre que repeti-la. Deixe a roupa no lugar onde estava antes para que a pessoa ciumenta a use novamente.


SONHAR COM UM NOVO AMOR

Numa sexta-feira, pegue 7 pedrinhas na rua de sua casa e embrulhe-as num pedaço de pano branco. Coloque esse pacotinho embaixo do seu travesseiro, dizendo assim: “Meu querido anjo da guarda, que eu consiga sonhar com um novo amor para que a minha vida se torne mais feliz”. Deixe-o lá por três dias e três noites. Passado esse tempo, enterre tudo num vaso florido.


EVITAR UMA TRAIÇÃO

Pegue 1 figa do menor tamanho possível. Depois, leve-a a uma igreja e molhe-a com algumas gotinhas de água benta. Use-a sempre no pescoço ou por dentro da roupa para afastar a traição da sua vida.


PARA AFASTAR O CIÚME

Numa noite de Lua Minguante, faça um furo em um coco. Tire toda a água, ponha num copo e tome tudo em pequenos goles até terminar. A cada gole, diga: “o ciúme doentio não vê a luz do sol. Assim vivo eu, devido a esse ciúme que me faz mal. Quando eu terminar de tomar essa água purificada, estarei bem e esse sentimento tão perverso à minha alma nunca mais sentirei”. Após terminar de beber a água, coloque uma pimenta-malagueta dentro do buraco do coco, dizendo: “Morra ciúme para nunca mais voltar”. Tampe o buraco, dê um laço no coco com uma fita vermelha e jogue-o no lixo. O copo você pode voltar a usar normalmente.


AFASTAR A RIVAL

Ferva 3 litros de água, com 3 galhos de arruda e 3 de alecrim. Desligue o fogo e deixe a água amornar. Coloque 3 gotas de essência de absinto. Quando acabar de tomar banho, despeje água no seu corpo, do pescoço para baixo, dizendo: “Meu São Jorge, que essas ervas lhe sirvam de espada para afastar (diga o nome da sua rival) de perto do meu amor (diga o nome dele)”. Depois enterre os galhinhos do banho na terra, oferecendo para São Jorge.


REAPROXIMAR QUEM AMA

Ferva um pouco de água com açúcar e coloque dentro algo que pertença ao seu amor. Deixe o objeto um pouco na água e depois jogue tudo num jardim. Evite passar muito por esse local.


UNIÃO COM HARMONIA 1

Desenhe um trevo-de-quatro-folhas e, em cada uma das pétalas, escreva o nome do seu amor. Pingue na ilustração 2 gotas do seu perfume preferido, dobre o papel e carregue-o sempre na bolsa ou carteira.


RECONQUISTAR SEU GATO

Numa sexta-feira, escreva o nome do seu ex-namorado no seu braço esquerdo usando uma caneta vermelha. Feito isso, tampe com esparadrapo e deixe até o dia seguinte. Jogue o esparadrapo no lixo e lave o local com água e sabão.


PRÓXIMO NAMORADO

Saiba o nome do seu próximo namorado, assim: pegue um pedaço de barbante, com menos de meio metro e coloque dentro de uma vasilha com água fervendo. Desligue o fogo e deixe esfriar. Cubra com um pano branco e, depois de uma hora, volte e olhe a letra que o barbante formou. Obs.: feito isso, pegue o barbante e coloque dentro de um saquinho costurado à mão (patuá), guardando-o em uma gaveta, onde somente você mexa. Deixe lá por quanto tempo desejar. Depois, pode enterrá-lo num vaso que tenha uma flor bem bonita.


MAIS CONFIANÇA NO PAR

Dirija os seus pensamentos até Netuno, o planeta que governa a nossa imaginação mística, e diga a seguinte frase: “Ajuda-me a distinguir o que é real do que é irreal e faça o meu coração sentir as coisas verdadeiramente”. Assim que terminar, borrife o rosto com água fria.


AFASTAR INVEJA NO NAMORO

Coloque num copo virgem 3 pedrinhas de carvão e 3 pedaços de comigo-ninguém-pode. Encha o copo com água e ponha embaixo da cama, na direção da cabeceira. Uma vez por semana, verifique se as pedras de carvão afundaram. Se afundarem, jogue fora o que está no copo e renove a simpatia. Se estiverem no mesmo lugar, deixe como está. Obs.: mantenha o copo embaixo da cama até sentir que o seu relacionamento amoroso melhorou. Depois, pode jogar os ingredientes no lixo.


HOMEM SEMPRE AOS SEUS PÉS

Pegue a Bíblia, abra em Marcos 11:22 a 24 e leia em voz alta assim: “Tende fé em Deus. Em verdade vos digo, que quem disser a este monte: Sê levantado e lançado no mar, e não duvidar no seu coração, mas tiver fé que aquilo que disser vai acontecer, assim será feito. É por isso que vos digo: Todas as coisas pelas quais orais e pedis, tende fé que praticamente já a recebestes e as tereis”.


SORTE NA PAIXÃO

Desenhe um sol bem bonito, pinte-o com lápis de cor amarela ou caneta de tinta amarela, escreva por cima dele, com tinta preta, em forma de cruz, o seu nome e o do seu amor. Recorte o desenho, dobre-o em 4 partes, pegue um pires e acenda 1 vela amarela em cima. Em volta da vela, derrame mel puro. Deixe a vela se queimar, recebendo os raios solares. Pegue o que restar, embrulhe num pano amarelo e guarde dentro de uma gaveta em seu quarto, onde ninguém veja ou mexa. O pires, volte a usar normalmente.


PARA SEDUZIR

Pegue 1 papel sem pauta, de sua cor preferida e escreva o seu nome completo, seguido do nome dele e as datas de nascimento de ambos. Depois, desenhe um coração em torno do que foi escrito e vá escrevendo nomes e datas por cima de tudo, até que fique ilegível. Dobre o papel até transformá-lo numa bolinha bem pequena; queime-a na chama de 1 vela vermelha e, enquanto o papel estiver queimando, diga isto: “Luminosa é a chama/ Brilhante é o fogo/ Vermelho é a cor do meu desejo”. Repita este refrão 9 vezes seguidas, diante da vela. Depois, guarde as sobras da vela e as cinzas do papel numa caixinha de fósforo. Nunca conte para ninguém que fez esta simpatia, certo?


AMOR PENSAR EM VOCÊ

Pegue 1 vela amarela e escreva 7 vezes o nome da pessoa amada. Passe bastante mel e pó de desespero (encontra-se em casas de artigos místicos). Acenda a vela de cabeça para baixo, na porta de entrada de sua casa ou do portão. Faça isso depois das 7 horas da noite. As sobras, jogue no lixo.


PARA CASAR COM QUEM DESEJA

Escreva o seu nome em uma das pontas de uma fita branca e o nome do seu amor na outra ponta. Depois disso, diurante 21 dias faça um nó por dia antes de se deitar, dizendo: “Essa fita tem 1 nó que vai te amarrar a mim”. No dia seguinte: “essa fita tem dois 2 nós que vão te amarrar a mim”. Continue dando e contando nós, 3, 4, 5… até chegar em 21 nós. No último dia amarre a fita no seu pulso esquerdo e durma com ela. No dia seguinte jogue no lixo.


PARA ELE FICAR CAIDINHO

Faça um círculo no chão usando um pouco de sal grosso. Com um pedaço de giz, escreva dentro o nome do seu amor. Em seguida, reze uma Ave-Maria. Repita a simpatia por 3 dias seguidos.


CONSEGUIR AMOR

Pegue uma imagem de Santo Antônio, pode ser um santinho de papel, e faça o seu pedido a ele, com toda a fé do seu coração. Embrulhe, depois, esta imagem em um papel branco e deixe-a em um lugar onde ninguém mexa. Só retire a imagem desse esconderijo quando seu pedido for atendido.


APRESSAR CASAMENTO

Compre uma imagem de Santo Antônio e peça para um padre benzê-la (você também pode assistir a uma missa com a imagem nas mãos). Depois, escreva uma carta romântica para o seu noivo ou namorado. Coloque essa carta aos pés da imagem, que deve ficar com o rosto virado para a parede. Quando o seu amor disser que está está apaixonado por você, desvire a imagem. Em seguida, faça uma oração de agradecimento ao Santo e reforce o seu pedido para que o seu casamento seja realizado rapidamente. A carta pode ser queimada e as cinzas sopradas ao vento.


AMOR CRESCER

Escreva o seu nome e o da pessoa amada em um pedaço de papel e coloque-o dentro de uma lata de fermento. Em seguida, enterre a lata num vaso bem florido, dizendo o seguinte: “Assim como o fermento cresce, quero que o amor entre mim e (dizer o nome da pessoa amada) cresça também”. Faça essa simpatia numa noite de Lua Crescente.


PARA AFASTAR AMOR

Pegue 3 papéis brancos e escreva nele 3 bilhetes. No primeiro, “Não te quero mais. Que as águas te levem e não te tragam de volta”. No segundo: “Não penses em mim”. No terceiro: Assim como foi jogado, rodou, sumiu e se afogou”. Jogue 1 por dia, em 3 dias seguidos, na descarga ou em um rio. Boa sorte!


PARA CONQUISTAR

Encha 1 copo novo com um pouco de água e acrescente 3 pitadas de sal e 3 gotas do seu perfume preferido. Tampe-o e, ao lado dele, deixe um pedaço de papel com o seu nome completo, idade e endereço, além de 1 rosa vermelha. Durante 4 dias, ajoelhe-se perto desse pequeno altar e peça ao seu santo de devoção que proteja sua vida amorosa, trazendo a pessoa que tanto ama para seus braços. Depois, jogue a água na pia, coloque a rosa dentro da Bíblia junto com o papel, lave o copo e use-o normalmente. Quando a rosa for murchar, enterre as pétalas em um vaso e rasgue o papel.


AFASTAR RIVALIDADES

Pegue 1 barbante e dê 4 nós. Enquanto faz isso, mentalize você amarrando a inveja de todos os que não lhe querem bem. Em seguida, ajoelhe-se com o barbante na mão e reze 1 Pai-Nosso e 1 Credo com bastante fé. Ofereça as orações aos arcanjos Miguel, Gabriel e Rafael, pedindo proteção e luz para brilhar no meio de tanta disputa. Guarde o barbante dentro de 1 caixinha com um pouco de sal grosso por cima por 7 dias. No oitavo, pegue o barbante e a caixinha e jogue no lixo. O sal grosso deve ser jogado em água corrente.

5 de março de 2011

Como arrumar um namorado

por lnbrandao

Dicas para arrumar um namorado da atriz da globo Daniele Valenteaaaanamorado


Dica número 1: Tenha um vídeo game
Devo confessar que meu playstation 3 foi uma das primeiras coisas que encantaram o meu namorado. Quando ele me viu tocando o Guitar Hero, vi descer uma lágrima de emoção no olho esquerdo dele.Se você tem um vídeo game ele vai pensar: Putz! Posso jogar que ela nem vai reclamar. Alem de tudo é uma excelente idéia para se divertir com seu amado.
Dica número 2: Se você não gosta de vídeo game…
Se você não tem e nem quer ter um vídeo game e muito menos sabe jogar calma! Bata uma bolinha ou organize para os amigos dele uma reunião para assistir o futebol. O importante é ter alguma diversão de menino!
Dica número 3; Coma!
Homem detesta mulher que só fica na saladinha. Quer fazer dieta? Faca em casa! Com ele peca picanha!
Dica número 4: seja autentica
Acredite essa é uma das dicas mais importantes. Seja você mesma! Não tente posar de bonita, de inteligente, de fofa seja lá o que você for. Se você é, você é e pronto! Não precisa ficar mostrando que é. Mesmo se você for meio louca como eu fique tranqüila porque tem sempre um doido pra combinar com a gente.
Dica número 5: arrase na pista de dança!
Dance pra você mesma, como se o DJ fosse seu.E não se esqueça de fazer aquela cara de “Nossa como sou feliz sozinha”! Quando você abrir os olhos vai ter pelo menos um sujeito te encarando. Nem que seja o segurança da boite.
Dica número 6: escolha a roupa certa
Saia com uma roupa bacana, mas lembre ‑se de usar aquela regra de elegância de mostrar apenas uma das partes do corpo para não ficar vulgar. Afinal você quer um namorado ou se tornar uma mulher fruta?
Dica número 7: Leve seu cartão de credito!
Na night puxe seu cartão de credito para pagar. Você mostra que é uma mulher independente e descobre logo se ele é um cavalheiro.
Dica número 8: seja inteligente mas nem tanto.
Se você é uma mulher muito inteligente não cometa a burrice de jogar na cara do sujeito que é mais inteligente que ele!
Dica número 9; Elogie!
Elogie. Muito. Mas tem que ser verdadeira, fale mesmo do que você gostou nele! Homem precisa sempre daquela massagem no ego.
Dica número 10: Escute
Nos mulheres amamos falar. Vamos dar uma trégua para o sujeito e escutar o que ele tem pra dizer. Se ele só falar das coisas que tem, o carro, o apartamento etc. Aceite uma coisa. Ele só quer te comer!
Dica número 11: Calma!
Se ficar encantadinha com o sujeito não imagine a criatura te esperando no altar. Essa energia assusta. Uma coisa de cada vez.
Dica número 12: Ser sexy ou não ser? Eis a questão.
Não procure ser sexy. É melhor ele rir com você do que rir DE você. Seja natural. Isso sim é ser sexy!
Dica número 13: Acredite se quiser
Saia com as amigas decidida a não ficar com ninguém. A Lei de Murphy funciona que é uma beleza!

Obs: Desculpem a pontuacao desse computador eh um pouco dificil!
Ate a proxima!
Beijos
Dani

Fonte: bloglog.globo.com/danielevalente/

26 de janeiro de 2011

Precisa-se – Clarice Lispector

por lnbrandao
pintura_tela_clarice_lispector_livro

Sendo este um jornal por excelência,
e por excelência dos precisa-se e oferece-se,
vou por um anuncio em negrito:

Precisa-se de alguém homem ou mulher
que ajude uma pessoa a ficar contente
porque esta está tão contente que não
pode ficar sozinha com a alegria,
e precisa reparti-la.

Paga-se extraordinariamente bem:
minuto por minuto paga-se
com a própria alegria.

É urgente pois a alegria dessa pessoa
é fugaz como estrelas cadentes,
que até parece que só se as viu depois que tombaram;
precisa-se urgente antes da noite cair
porque a noite é muito perigosa e nenhuma ajuda é possí­vel e fica tarde demais.

Essa pessoa que atenda ao anúncio
só tem folga depois que passa
o horror do domingo que fere.

Não faz mal que venha uma pessoa
triste porque a alegria que se dá
é tão grande que se tem que a repartir
antes que se transforme em drama.

Implora-se também que venha,
implora-se com a humildade da
alegria-sem-motivo.

Em troca oferece-se também uma
casa com todas as luzes acesas
como numa festa de bailarinos.

Dá-se o direito de dispor da copa
e da cozinha, e da sala de estar.

P.S. Não se precisa de prática.
E se pede desculpa por estar num
anúncio a dilacerar os outros.

Mas juro que há em meu rosto sério
uma alegria até mesmo divina para dar.

C.L.

10 de janeiro de 2011

Criaturas que o mundo esqueceu…

por lnbrandao

Fiquei tão só, aos poucos. Fui afastando essas gentes assim menores, e não ficaram muitas outras. Às vezes, nos fins de semana principalmente, tiro o fone do gancho e escuto, para ver se não foi cortado. Não foi. Então me sinto protagonista de um filme chamado Criaturas que o mundo esqueceu.

C. F. A. in “Cartas”

23 de dezembro de 2010

Vai Passar

por lnbrandao

“Vai passar, tu sabes que vai passar. Talvez não amanhã, mas dentro de uma semana, um mês ou dois, quem sabe? O verão está ai, haverá sol quase todos os dias, e sempre resta essa coisa chamada “impulso vital”. Pois esse impulso às vezes cruel, porque não permite que nenhuma dor insista por muito tempo, te empurrará quem sabe para o sol, para o mar, para uma nova estrada qualquer e, de repente, no meio de uma frase ou de um movimento te supreenderás pensando algo como “estou contente outra vez”. Ou simplesmente “continuo”, porque já não temos mais idade para, dramaticamente, usarmos palavras grandiloqüentes como “sempre” ou “nunca”. Ninguém sabe como, mas aos poucos fomos aprendendo sobre a continuidade da vida, das pessoas e das coisas. Já não tentamos o suicidio nem cometemos gestos tresloucados. Alguns, sim – nós, não. Contidamente, continuamos. E substituimos expressões fatais como “não resistirei” por outras mais mansas, como “sei que vai passar”. Esse o nosso jeito de continuar, o mais eficiente e também o mais cômodo, porque não implica em decisões, apenas em paciência.
Claro que no começo não terás sono ou dormirás demais. Fumarás muito, também, e talvez até mesmo te permitas tomar alguns desses comprimidos para disfarçar a dor. Claro que no começo, pouco depois de acordar, olhando à tua volta a paisagem de todo dia, sentirás atravessada não sabes se na garganta ou no peito ou na mente – e não importa – essa coisa que chamarás com cuidado, de “uma ausência”. E haverá momentos em que esse osso duro se transformará numa espécie de coroa de arame farpado sobre tua cabeça, em garras, ratoeira e tenazes no teu coração. Atravessarás o dia fazendo coisas como tirar a poeira de livros antigos e velhos discos, como se não houvesse nada mais importante a fazer. E caminharás devagar pela casa, molhando as plantas e abrindo janelas para que sopre esse vento que deve levar embora memórias e cansaços.
Contarás nos dedos os dias que faltam para que termine o ano, não são muitos, pensarás com alívio. E morbidamente talvez enumeres todas as vezes que a loucura, a morte, a fome, a doença, a violência e o desespero roçaram teus ombros e os de teus amigos. Serão tantas que desistirás de contar. Então fingirás – aplicadamente, fingirás acreditar que no próximo ano tudo será diferente, que as coisas sempre se renovam. Embora saibas que há perdas realmente irreparáveis e que um braço amputado jamais se reconstituirá sozinho. Achando graça, pensarás com inveja na largatixa, regenerando sua própria cauda cortada. Mas no espelho cru, os teus olhos já não acham graça.
Tão longe ficou o tempo, esse, e pensarás, no tempo, naquele, e sentirás uma vontade absurda de tomar atitudes como voltar para a casa de teus avós ou teus pais ou tomar um trem para um lugar desconhecido ou telefonar para um número qualquer (e contar, contar, contar) ou escrever uma carta tão desesperada que alguém se compadeça de ti e corra a te socorrer com chás e bolos, ajeitando as cobertas à tua volta e limpando o suor frio de tua testa.
Já não é tempo de desesperos. Refreias quase seguro as vontades impossíveis. Depois repetes, muitas vezes, como quem masca, ruminas uma frase escrita faz algum tempo. Qualquer coisa assim:
– … mastiga a ameixa frouxa. Mastiga , mastiga, mastiga: inventa o gosto insípido na boca seca …

 

Caio Fernando Abreu

17 de dezembro de 2010

Um Conto de Natal

por lnbrandao

Maria das Dores se assustou. Mas se assustou de facto. Começou pela menstruação que nãoimages veio. Isso a surpreendeu porque ela era muito regular.Passaram-se mais de dois meses e nada. Foi a uma ginecologista. Esta diagnosticou uma evidente gravidez.

— Não pode ser! gritou Maria das Dores.

— Por quê? a senhora não é casada?

— Sou, mas sou virgem, meu marido nunca me tocou. Primeiro porque ele é homem paciente, segundo porque já é meio impotente.

A ginecologista tentou argumentar:

— Quem sabe se a senhora em alguma noite…

— Nunca! mas nunca mesmo!

— Então, concluiu a ginecologista, não sei como explicar. A senhora já está no fim do terceiro mês.

Maria das Dores saiu do consultório toda tonta. Teve que parar num restaurante e tomar um café. Para conseguir entender.

O que é que estava lhe estava acontecendo? Grande angústia tomou-a. Mas saiu do restaurante mais calma.

Na rua, de volta para casa, comprou um casaquinho para o bebé. Azul, pois tinha certeza que seria menino. Que nome lhe dana? Só podia lhe dar um nome: Jesus.

Em casa encontrou o marido lendo jornal e de chinelos. Contou-lhe o que acontecia. O homem se assustou:

— Então eu sou São José?

— E, foi a resposta lacónica.

Caíram ambos em grande meditação.

Maria das Dores mandou a empregada comprar as vitaminas a ginecologista receitara. Eram para o benefício de seu filho. Filho divino. Ela fora escolhida por Deus para dar ao mundo o novo Messias.

Comprou o berço azul. Começou a tricotar casaquinhos e a fazer fraldas macias.

Enquanto isso a barriga crescia. O feto era dinâmico: dava-lhe violentos pontapés. Às vezes ela chamava São José para pôr a mão na sua barriga e sentir o filho vivendo com forca. São José então ficava com os olhos molhados de lágrimas. Tratava-se de um Jesus vigoroso. Ela se sentia toda iluminada. A uma amiga mais íntima Maria das Dores contou a história abismante. A amiga também se assustou:

— Maria das Dores, mas que destino privilegiado você tem!

— Privilegiado, sim, suspirou Maria das Dores. Mas que posso fazer para que meu filho não siga a via crucis?

— Reze, aconselhou a amiga, reze muito.

E Maria das Dores começou a acreditar em milagres. Uma vez julgou ver de pé ao seu lado a Virgem Maria que lhe sorria. Outra vez ela mesma fez o milagre: o marido estava com uma ferida aberta na perna, Maria das Dores beijou a ferida. No dia seguinte nem marca havia.

Fazia frio, era mês de Julho. Em Outubro nasceria a criança.

Mas onde encontrar um estábulo? Só se fosse para uma fazenda do interior de Minas Gerais. Então resolveu ir a fazenda da tia Mininha. O que a preocupava é que a criança não nasceria em vinte e cinco de Dezembro. Ia à igreja todos os dias e, mesmo barriguda, ficava horas ajoelhada. Como madrinha do filho escolhera a Virgem Maria. E para padrinho o Cristo. E assim foi se passando o tempo. Maria das Dores engordara brutalmente e tinha desejos estranhos. Como o de comer uvas geladas. São José foi com ela para a fazenda. E lá fazia seus trabalhos de marcenaria. Um dia Maria das Dores empanturrou-se demais – vomitou muito e chorou. E pensou: começou a via crucis do meu sagrado filho. Mas parecia-lhe que, se desse a criança o nome de Jesus, ele seria, quando homem, crucificado. Era melhor dar-lhe o nome de Emmanuel. Nome simples. Nome bom.

Esperava Emmanuel sentada debaixo de urna jabuticabeira. E pensava:

– Quando chegar a hora, não vou gritar, vou só dizer: ai Jesus!

E comia jabuticabas. Empanturrava-se a mãe de Jesus.

A tia — a par de tudo — preparava o quarto com cortinas azuis. O estábulo estava ali com seu cheiro bom de estrume e suas vacas. De noite Maria das Dores olhava para o céu estrelado a procura da estrela-guia. Quem seriam os três reis magos? quem lhe traria Incenso e mirra? Dava longos passeios porque a médica lhe recomendara caminhar muito. São José deixara crescer a barba grisalha e os longos cabelos chegavam-lhe aos ombros. Era difícil esperar. O tempo não passava. A tia fazia-lhes, para o café da manhã,, brevidades que se desmanchavam na boca. E o frio deixava-lhes as mãos vermelhas e duras.

De noite acendiam a lareira e ficavam sentados ali a se esquentarem. São José arranjava para si um cajado. E, como não mudava de roupa, tinha um cheiro sufocante. Sua túnica era de estopa. Ele tomava vinho junto da lareira. Maria das Dores tomava grosso leite branco, com o terço na mão.

De manhã bem cedo ia espiar as vacas no estábulo. As vacas mugiam. Maria das Dores sorria-lhes. Todos humildes vacas e mulher. Maria das Dores a ponto de chorar. Ajeitava as palhas no chão, preparando lugar onde se deitar quando chegasse a hora. A hora da iluminação.

São José, com o seu cajado, ia meditar na montanha. A tia preparava lombinho de porco e todos comiam danadamente. E a criança nada de nascer.

Até que numa noite, as três horas da madrugada, Maria das Dores sentiu a primeira dor. Acendeu a lamparina, acordou São José, acordou a tia. Vestiram-se. E com um archote iluminando-lhes o caminho, dirigiram-se através das árvores para o estábulo. Uma grossa estrela faiscava no céu negro.

As vacas, acordadas, ficaram inquietas, começaram a mugir Daí a pouco nova dor. Maria das Dores mordeu a própria para não gritar. E não amanhecia.

São José tremia de frio. Maria das Dores, deitada na palha, um cobertor, aguardava.

Então veio urna dor forte demais. Ai Jesus, gemeu Maria das Dores. Ai Jesus,pareciam mugir as vacas.

As estrelas no céu.

Então aconteceu.

Nasceu Emmanuel.

E o estábulo pareceu iluminar-se todo.

Era um forte e belo menino que deu um berro na madrugada.

São José cortou o cordão umbilical. E a mãe sorria. A tia chorava.

Não se sabe se essa criança teve que passar pela via crucis. Todos passam.

Clarice Lispector
Via Crucis

Visitem: PROJETO CLARICE

4 de agosto de 2010

Salvação de um Domingo, 01 de agosto

por lnbrandao

Ah, imenso amor desconhecido. Para não morrer de sede, preciso de você agora, antes destas palavras todas caírem no abismo dos jornais não lidos ou jogados sem piedade no lixo. Do sonho, do engano, da possível treva e também da luz, do jogo, do embuste: preciso de você para dizer eu te amo outra e outra vez. Como se fosse possível, como se fosse verdade, como se fosse ontem e amanhã.

Caio Fernando Abreu

 

 

Salvação de um Domingo
01 de agosto.

Encostar a cabeça, o queixo, devagar na mão, apoiado pelo braço sobre a mesa, e lembrar que aquela podia ter sido a primeira imagem que tivera de mim. Assim começava o dia em que vi teu olhar ao fechar o portão do condomínio que moro e voltei para cama para não mais dormir, mas para poder acordar direito, procurar na cama o calor, ainda quente, deixado por ti no lado da cama vazia, não, vazia não, cheia de marcas, lembranças, lençóis e fronhas amassadas, teu cheiro, o cheiro que em outros tempos seria de uma lembrança triste e sem esperança, não, esperança não, em outros tempos teria sido vontade de alguma coisa ser realizada. Passei horas na necessidade de ficar ali e dormir e sonhar e dormir e sonhar e não mais acordar, mais as vezes fechava os olhos e sentia teu cheiro, do teu corpo, do meu corpo no teu corpo, da tua boca sorrindo em hálito de quem foi acordado na madrugada por um sussurro no ouvido, enquanto lutávamos pela nossa primeira vez.

Primeira vez em que eu estreava o meu desejo ancestral guardado em mim. Torcia para que fosse bom, ou que fosse ruim, sei lá, não sabia como receber aquilo que vem de dentro, como acho que ainda não sei. Pergunto-me aqui na mesa em silencio quase eterno, pois com o vazio da casa parece que tudo no mundo parou. Pergunto-me, se estou preparado para o que vem de dentro de ti, se a fala é pouca o verbo é mudo e os sentidos não fazem sentidos. Eu em minha vida de atuar, nunca havia estreado duas vezes no mesmo dia, nunca antes havia experimentando a sensação emotiva das emoções num ato sem ensaio. Eu não havia ensaiado, eu não sabia que texto dizer depois do dito ou do inaudito, muito menos depois do desdito. Sim, depois de desdizer o que ainda viria a dizer eu disse. Lembrei de sobressalto que antes mesmo de dizer o que eu havia dito eu havia desdito. Prometi a mim e a ti que não diria, sim foi assim logo após uma cena de casamento mal sonhado, de um almoço de silencio estilhaçado pelo nó na garganta de quem mais uma vez queria se salvar, de quem não queria para si mais promessas, nem mesmo esperanças, e sim qualquer coisa que não me levasse a acreditar que um dia tudo seria bom, a não ser que esse dia fosse hoje. Sim depois de dizer que não diria. Eu disse.

Para homens que lutam dias a fio pela sobrevivência diária na selva de desencontro, lhes restam a amargura dos desencontros diários para sobreviverem dias a fio. Para as mulheres que sonham noites em claro pela eminência de amparo na selva de desencontro, restam a doçura dos filhos dos desencontros nas noites de amparo pela eminência de claros sonhos. Para os amantes, o AMOR. Agora faço a pergunta que fiz há um ano e em outro relato. Teria eu dito aqui “amor”? Sim foi o que eu disse sem jeito, não, sem jeito não, disse com todo jeito e naturalidade que se diz aquilo que se sente, aquilo que vem de dentro e só se percebe depois que se disse. Não sei o que foi maior… Se o tempo que fiquei sem dizer, ou o tempo depois que eu disse. Como que perdido na selva e só se ouve de longe os tambores de uma tribo escondida, o deserto confuso se fez. Parecia um ritual, se celeste ou diabólico não sei. Sei que era inverno, você mencionara isso, lembra? Alguma coisa sobre ser inverno e ventar muito, que o vento deixava manchas de poeira nas roupas pregadas nos varais da sua cidade. O sol sobre o signo de leão começava a rugir e os sacerdotes a iniciarem… Algo orgíaco, não sei… Três palavras foram ditas… O mundo inteiro respira… Eu pude sentir, um tambor dentro de mim ou de ti não sei, começa a tocar, e fui tomado de subido na sensação de quem cai num abismo sem volta e por isso me agarrei em ti.

Retiro do queixo a mão que se apoiava na mesa e embaraço os cabelos como que desajeitados pelo vento ou pelas lembranças. Procuro-te ver sentado a minha frente e a imaginar que estamos ali por uma eternidade a contar casos um para o outro sem se preocupar com as horas, pois o que importa é que estamos nos conhecendo, que queremos dizer como somos, ou o que somos, se tivéssemos uma bula, entregaríamos ao outro. Procuro te ver daqui a muito muito muito muito muito tempo. Dizendo, veja ai: descrição, posologia, indicação, contra-indicação, efeitos colaterais, reações adversas, cuidados de conservação, advertências e superdosagem. E lembro que visitamos uma mulher que prometo falar dela um dia em um conto que chamarei de, “Duque e uma mulher de sorte”, lembro que caminhávamos na rua, e que falávamos besteira e que um gato, sem querer eu juro, eu vi, um gato sem querer se jogou apresado debaixo de um carro e ficou se debatendo no meio da rua e nós sem querermos olhar, olhávamos, enquanto o gato nos fazia lembrar que existe o fim mas que nós estávamos ali no começo sem saber nem como desejar esse fim.

Talvez fugir, ligar para um amigo ocupar o domingo. Talvez eu devesse ler, Clarice, Caio, Pessoa, Drummond, talvez ver TV, ouvir musica, qualquer coisa que ocupasse o domingo, ali sentado na mesa um copo de água me lembrou de sua cortesia antes de irmos pra cama. E me lembrou que eu queria te dar algo que fizesse lembrar-se de mim, e que fosse para ti algo que te servisse mesmo sem a lembrança de mim, um amuleto talvez, me empenhei em produzir em duro papel algo que, dizem os chineses, traz sorte. Eu queria te escrever sobre o meu segredo, estava tão mais tranqüilo, mais seguro, já havia inaugurado as três palavras que nos separavam um do outro, mais eu queria te dar algo como que em segredo, já não havia mais o medo de me trair, mas, o que dizer depois disso? O que dizer para o outro depois que eu te amo colocou todos os meus fantasmas pra correr? Assustei-me com a pieguice ou a banalidade com o que poderia tratar o assunto, com a que eu posso estar agora tratando. Só queria te dizer que… Assegurar-te que guardaria em segredo dentro de mim o que sinto por ti. É preciso preservar ate mesmo o que deve ser dito.

Não levanta antes que eu te ligue. Dorme. Dorme. Você me disse antes de ir. E essa viagem quantas horas teriam, pela manhã sou sonâmbulo, não obedeço nem desobedeço, nem sei se acordei ou se ainda tem algo dentro de mim dormindo. Ficarei assim ate que se faça o domingo e quando mais eu demorasse ali sem nada fazer menos teria que procurar na estante poeira ou ansiedade para salvar o domingo, fiquei por horas repetindo tudo isso refazendo em mim tudo, a minha estréia em ti, o gosto de ti em mim, que ate agora não sei decifrar que gosto tem, não encontro nada que eu possa comparar, apenas posso chamar teu gosto que se parece contigo, saliva, suor, hálito. Sem promessas que me tragam esperanças, não quero mais promessas, nem esperanças, não mais, ou se tem fé ou não. Ou se acredita ou não. Ou se vive.

Luciano Brandão
agosto – 2010

4 de julho de 2009

Estimulo de Amor Para os Sentidos

por lnbrandao

I

Não havia sol, nem mesmo lua, fazia
calor como se fosse dia, mas era noite quente que se fazia, em noites assim se
corre grande risco, risco que tem em si a precipitação do dia, em vez da tranquila,
morna e áspera imposição da noite quente que se fazia. Era uma hora da noite em
que nada tinha par fazer, àquela hora depois do trabalho, caminho de casa,
tempo sobrando para pensar em coisas corriqueiras e seguras ou que seguramente faria
chegar em casa, arfar jogado na cadeira ou no sofá, espera uma inquietude de
estar ali, talvez um banho, talvez pegar o telefone e ligar para alguém, um
amigo, amiga, algo que alargasse o comprimido do apartamento que ainda não
tivera nem tempo de abrir as janelas, talvez mesmo a necessidade de falar com
alguém e contar besteiras ou qualquer coisa que escondesse ou expulsasse a
solidão a qual havia optado.

Parou um pouco no meio da noite, na
calçada a caminho de casa, pensou, pensou, e chegou a conclusão de que devia
ser necessário estar ali, parado, sem nada fazer, e o mundo acontecendo, –
melhor não ir para casa amanhã é sábado, talvez fosse uma escolha segura que
seguramente mudaria seu habito diário, sem estar seguro em casa, sem arfar,
sofá, ligações desnecessárias, fuga a que havia optado. Se o mundo se fazia
pelas opções hoje ele seria por decisão própria, sentou-se num banco, num banco
de um passeio publico no meio de uma avenida onde tudo acontecia, ou pelos
menos um pouco de cada coisa acontecia, pensou melhor, do lado do seu mais dois
bancos um de cada lado, vazios, a sua frente três, também vazios….

Mas adiante, mais um conjunto de três
bancos de um lado e mais três do outro, mudos e surdos, alguns só surdos
imaginava, pois as vezes ouvia-se sons que acompanhavam as mãos, como quando
quem fala pelo verbo as vezes necessita das mãos para alcançar ou talvez tocar
o inatingível, explicando-se para se mesmo que o verbo é pouco, e que
necessitamos de extensões de nosso pensamento, imaginou que ali, os mudos,
surdos, surdos e mudos, talvez necessitassem de sons que nem precisariam fazer
sentido mais que acompanhassem ou tocassem aonde as mãos não chegariam.

Um homem atravessa a rua, acompanha-o
com os olhos, ver parar do outro lado esticar o braço e subir num ônibus, nem
vira que linha era, talvez estivesse pensado, de um lado do passeio um mulher
vinha, cansada, percebia-se pelo andar, não era triste, apenas deixou que o
ardor da noite complementasse o dia, seguramente iria para casa, enquanto
pensava, a mulher passa, acompanha seus passos que agora já vão alem dos mudos,
de lá um homem bonito alto vem em sentido contrario, arruma-se no banco,
averigua o cabelo, a camisa, a postura e deixa que o homem passe, se notou
alguém sentado ali, não olhou, se olhou fingiu que não notou.

Continuou a olhar o homem que descia
em direção contraria dos que há essa hora vão para casa, não tinha mais
interesse nele, mesmo que tivesse, sabia que era pura ilusão, ele se ia, a
menos que levantasse e conseguisse alguma forma de chamar atenção dele, só lhe
restaria a esperança de um dia revê-lo e que ele notasse, mas é um homem bonito
de vê, se imaginar coisas, olhou e só parou quando percebeu que no banco ao
lado um casal havia sentado.

Ela chorava, ou pelo menos estava tão
triste que parecia chorar, ele segurava suas próprias mãos, como se não
quisesse que nada além de, do que fora dito fosse arrematado ou desdito. O
ônibus dela vinha restou-lhe um beijo em cada lado do rosto, um abraço e aquela
frase que vinha segura dele: a gente se fala. E os dois se foram. Não
desistiria, hoje o mundo para que fora criado se faria sozinho, mesmo que para
isso levasse duas ou três gerações, era inverno, o sol se vazia em câncer, os
meses depois das chuvas aqui em nossa cidade parecem invadir os que ainda
virão, imaginou-se um pouco na primavera, quente e abafante, ouvira certa vez um
amigo dizer que a primavera tem uma alegria perigosa no ar, mas o vento seco
dessa época assanhara-lhe o cabelo, pegou um livro na mochila, pareceu ler, mas
antes que lesse parou e ficou a pensar no gosto doce ou amargo das coisas que
somos feitos, teria em fim desistido de estar ali, desistido de afrontar o
mundo a espera que ele se fizesse e caminharia as presas para sua ordem
habitual, se não fosse dado também ao habito de pensar devagar naquilo que
havia pensado, foi quando repetiu para si: das coisas que somos feitos…

Levantou a cabeça, como se faz quando
se tem um livro na mão e se ler algo muito forte ou mesmo bem banal, levantou a
cabeça para pensar com o livro na mão: o gosto doce ou amargo. No banco a
frente um rapaz, parecia homem feito, mas era rapaz, percebia pela postura que
se sentou, as roupas que usava, tinha uma barba rala de dois ou três dias, mãos
largas, grandes, dedos próprios para tocar nas coisas, nem se acomodou melhor
no banco, resolveu acender um cigarro e continuar olhando disfarçado, talvez
ele notasse o sinal de fumaça. Enquanto fumava, tentou adivinhar o rapaz,
idade, nome, o que fazia, ate se perder naquilo que ele queria, se era do tipo
romântico, brincalhão, atencioso, de mau jeito percebeu que o rapaz lhe via, e
os dois ficaram ali fingindo estar esperando alguém, olhavam para um lado e
para o outro e para frente também, bem rápido, só para confirmar que o outro
ainda estava ali, foi meio sem jeito também que se deu conta que só olhava para
frente, tentou fingir que estava perdido a pensar no que havia lido, mas o
livro já tinha sido fechado, e como quando somos pegos em flagrante riu,
sorriso vago sem expressão apenas um deslize, e rio mais ainda, um riso mais
largo, quando viu que o rapaz também rira, mais ficaram ali, a olhar um para o
outro, as vezes a disfarçar para os lados, mudavam de posições, cruzavam as
pernas, essa era forma, essa era regra.

Meio século se passara, ora riam, ora
se olhavam e se perguntava, o que devo fazer?  E ainda assim não saíram dali, um homem chega,
senta-se no banco ao lado do seu, olha, não era dos mais bonitos que já tinha
visto naquele calor da noite, os surdos, mudos já haviam ido embora, restavas
apenas três, e um som que acompanhavam as mãos, pensa que talvez o ato de falar
seja inerente ao homem mesmo que esse não fale, o som sempre vai estar presente
nas mãos, que muitas das vezes antecede o pensamento, foi quando lembrou das
mãos com dedos de se tocar nas coisas do rapaz a sua frente, olhou eram as
mesmas bonitas de se ver, tinha vontade de pegar em mãos assim, olhou pras mãos
do homem ao seu lado e nem eram das mais bonitas daquela noite quente, mais
estendiam seus pensamentos, e faziam sinal para rapaz que se foi enquanto o homem
que nem era dos mais bonitos segui-o.

“Então eu te disse que o que me doíam essas esperas, esses
chamados que não vinham e quando vinham sempre e nunca traziam nem a palavra e
às vezes nem a pessoa exatas. E que eu me recriminava por estar sempre esperando
que nada fosse como eu esperava, ainda que soubesse.”

                       Caio
Fernando Abreu

II

Ter a votante de que tudo seja mais
claro, mais limpo, menos torto, indeciso, era o que lhe forçara a sair da cama,
detinha-se durante tempos na cama depois de acordar, rolava sempre de um lado
para o outro procurando a posição que lhe levaria ao sono novamente, a manhã já
se fazia, sabia pelo calor dentro do quarto, procura alguma coisa para
acreditar, seria incrível ainda estar vivo, não sentia mais medo, muitas coisas
já não lhes causavam dor ou mesmo alegrias, preenchia as horas que se faziam
com amplo vazio, foi pensando nisso que desejou que tudo seja mais claro, mais
limpo, menos torto, indeciso e levantou.

Mesmo sem acreditar nas coisas que
vivera, apegava-se a superstições banais, como levantar da cama e ser o pé
direito o primeiro a tocar o chão, respeitar rituais, como escolher uma musica
aleatoriamente para representar seu dia, tomar banho o que indicaria ao corpo
que enfim acordou, mesmo sabendo que lá dentro alguma coisa continuaria a
dormir, não abrir nenhuma porta ou janela ate que seu dia necessitasse começar e
o fazia também por opção pois aos vizinhos se limitava ao bom dia, boa tarde,
boa noite. O que levaria horas, levou minutos, pois levantara com um propósito
e isso fizera ter ânsia pelo dia. Depois disso, demorou-se um pouco no
computador, abrir e-mail’s, responder alguns, ver noticias, msn, fazia parecer
que já estava em atividade cotidiana.

A tarde começava, sabia pela fome que
sentia, não era dado a olhar horas, apenas deixar que o dia se fizesse e o
pressentia, não iria fazer comida em casa hoje, decidiu de repente,

– hoje não quero ser do tipo que vai
para cozinha ouvindo “com açúcar com afeto”. Iria tomar outro banho, o calor
seco das tardes de julho deixa um suor preguendo, precisava reiniciar o ritual,
mudou a musica, preferiu algo internacional, algo que não conseguisse entender
a letra, para não se aprofundar, algo que só o som levasse a uma alegria
devastadora como se a letra dissesse “levanta, sacode a poeira dar a volta por
cima” ou “ando meio fadigado de procuras inúteis e sedes afetivas insaciáveis”
o que preferiu assim pois nem sabia que musica era essa qual quer coisa que
parecesse dizer isso tava valendo.

Saiu.

Em algum momento encontrou um homem
que vinha em sua direção, alto, de um falso magro, vestido sem preocupação,
jeans, camiseta, mochila, desses que trabalham a semana toda e fazem cursinhos
nos sábados, olharam-se ao passar um pelo outro, ariscou um riso propositado,
canto de boca, imitando um riso safado, mas apenas algo que escondesse o
interesse de transformasse aquele encontro em mera coincidência das ruas vazias
de sábado a tarde, mais adiante pensou, olhar para trás, olhou o homem também
olhara ao mesmo tempo, teria sido mera coincidência ou já era probabilidade,
precipitou-se em outra olhada, os dois se viram de novo no mesmo movimento,
riram, pensou, o que mais precisa ser dito, sua mão antecedeu o pensamento num
rápido aceno. Parou na esquina, o homem veio, cumprimentos, desajeitado,
lembrou da pessoas que passariam e viriam os dois desconhecidos a se falarem,
para alguns as regras são mais severas, pensou também no banco na noite
passada, suas mãos não falaram, seus pensamentos esbarravam na testa, hoje
acordara para algo mais claro, mais limpo, talvez o sol, o calor, e que talvez
ainda não fosse tarde demais, convidou para sua casa.

Apartamento quente, fechado, silencio
entrecortado pelo barulho de vida dentro de algum outro apartamento, a sala
muito próxima a cozinha permanecia com a aquele cheiro que vinha da pia de
louças sujas há dias, livros povoavam o espaços, indicando lugares que
seguramente se acomodava, o asco de cigarro denunciava o cinzeiro cheio, a
desordem habitual causava-lhe certo desconforto em receber visitas, pensara
talvez o que podia lhe render a primeira impressão, melhor fugir para o quarto,
o que podia soar como propósito precipitado, a cama desfeita, bilha de roupas
no canto do chão, um cheiro insone de pele sozinha, trocando a roupa de cama
talvez crie um espaço mais propicio ou delimitaria uma ordem em meio a bagunça despretensiosa
de quem vive só, se o convida-se a estender a colcha talvez quebrasse o gelo,
ou mesmo justificaria uma cumplicidade, proposta aceita com um riso de quem
compreende o desconforto, musica, tava a fim de ferrar o silencio, talvez
descongestionasse o papo que não se fazia, deixou o outro ali a estender a
colcha de cama e foi procurar algo para ouvirem, pensou mais uma vez, nada que
aprofunde, persistia numa espécie de receio de ir longe demais, encontrou algo
que um amigo deixara por lá, depois de algum encontro de amigos, algo que nem
sabia o que era, apenas não entendia e isso bastava, o homem, branco, falso
magro, barba bem baixa, bonita, fina, já estava deitado de um lado da cama,
apanhara umas almofadas espalhadas pela casa e colocara sobre a cama como que
dando um toque final ao refugio, sentou-se com a cabeça pro lado contrario,
pediu que o outro ficasse a vontade, como se isso fosse o principio de uma
grande conversa, pediu que se sentisse a vontade, se quisesse podia tirar os
sapatos, as meias, ficar a vontade, como se isso quisesse dizer, ta contigo,
faz alguma coisa. E agora, os dois ali, respiração audível, a musica boa do cd
que o amigo esqueceu, nenhuma palavra, talvez era isso que queriam, nenhuma
palavra, apenas se perguntavam em silencio, por onde é que se começa? Talvez,
um sorriso ou outro que só se via não ouvia, um sorriso apenas desenhado na
boca denunciava o que podiam estar pensando, desejando, sim pois era sorriso
acompanhado de olhares atentos ao mais simples dos movimento, como se o mover
de um braço desse inicio ao que provavelmente buscavam, foi quando lembrou de
seu gosto pelas mãos, pensou, se forem bonitas eu pedirei para tocá-las, antes
que seu pensamento se fizesse o outro pois os pés em sua perna, apoiando todo o
solado na perna, e comparando o branco do pé de um no branco da perna do outro,
e desta vez fora os pés que precipitaram o pensamento, sentiu que o pé do outro
suava e que esse suor podia estar em todo corpo, arriscou falar, foi puxado
pela perna de leve, apenas um puxãozinho, como que diz chiiii, silencio, se
olharam, a tarde já ia com ela a luz que insultava o quarto, decidiu não dizer
mais nada, apenas mudou de lado, ficaram frente a frente, e sentiu uma mão
tocar a sua, lembrou-se de averiguar antes que a luz se fosse de vez se eram
bonitas, eram, percebeu só em pega-las, mãos vividas, bem torneadas, veias a
mostra dedos longos, feitos para tocarem nas coisas e desta vez dedos que
queriam tocar nas coisa, pois havia perdido de suas mãos e de seus olhos as
mãos do outro, a musica já havia mudado, era uns desses CDs de mp3 cheios de
musicas variadas, Maria Bethania, iniciará o prelúdio dos dois, que sem nem
mesmo se desfazerem das roupas, ficaram umas dez musicas sem se largarem,
rolando juntos na cama, o outro pediu, posso te cheirar por inteiro, explicando
em seguida, que aproveitassem a pausa, para ir ao banheiro, colocar outro cd
podia ser Bethânia se tivesse outro, e que já voltassem nus para a cama, não
tinha essas coisas em ver alguém se despir, ou sentia tesão pela pessoa ou não,
tanto faz vestida ou nua, não era o Streep
Tease
que ira ajudar, riram, achou, que cara doido, descontraído pelo
menos, mudou a musica, bebeu água, voltou pra cama e depois como que estendido
para exames o outro Pegou em sua mão, e começou a cheirar, e cheirou cada dedo,
osso, punho, e foi cheirando em todas as parte, virando e revirando o corpo que
já manipulava como sendo seu, colocou o nariz em todos os lugares, sentiu
cheiros íntimos, cheiros que só nós sabemos que temos, depois de tanto calor,
cheiro entre as pernas, peitos, foi quando parou mais ou menos pela lombar e lá
colocou a língua, tava iniciado mais um sentido, depois da visão, audição,
tato, olfato, agora o paladar, pensava, enquanto o outro percorria sua língua
ora fazendo cócegas, ora dando estímulos a sensações que nunca antes havia
experimentado, dentro de si gritava, Uhuuuu! Somos comestíveis. E, como se
alguém apertasse o botão, virou e vou pra cima do outro, retribuindo em triplo
tudo o que oferecera, Maria Bethania cantava mais alto com o passar das horas, ainda
ficaram um contra o outro, ou melhor, um pelo outro durante tempos, desbravando
cada pedaço da cama, deve uma hora que pensou em propor outros arredores, mais
não deve tempo, foi puxado para o meio da cama, pois já estava prestes a cair
pelo canto, de repente sem parar o outro para, assim como só se oferece por
isso não parou ainda estava ali, mais não retribuía, pediu um tempo pra ele,
estava prestes a terminar o que ainda de fato não teria sido consumado, e
deitaram um do lado outro, devagar calmos, pensou Lilite, talvez tivesse esse
perfume, de saliva e suor, e sangue também, foi quando o braço do outro
entrecortou o escuro do quarto alcançou a mochila pegou algo que não pode ver,
mais logo percebeu pelo barulho de plástico que rascava, agora estavam prontos
para recomeçarem, disse o outro dividindo os preservativos, daí então se
entregarão aos enlaces sem reservas a pernas, os braços disputavam
coincidências no espaço…

Agora já ta tarde, tenho que ir, já
se fazia sete horas que estavam ali, nem mais uma musica, só o silencio do fim
de semana que dorme, como se o sábado já anunciasse o domingo, levantou acendeu
a luz, e começaram a se vestir, nem mesmo um banho? Tentou propor talvez para
prolongar a noite ou recomeçar, não, respondeu já abotoando a calça, tenho q ir
mesmo, vestiu-se não adiantava tomar banho ele iria e teria que levá-lo até
porta, enquanto o outro procurava juntar todos seus pertences, olhou-se um
pouco no espelho, foi quando percebeu a marca no pescoço. Com certa raiva
inútil, pois se sentia um pouco vaidoso com aquilo, tentou brigar, droga, isso
é feio, não se faz, a resposta do outro foi imediata e satisfatória, que é isso
quando verem sentirão inveja, olha lá, aquele fez amor ontem, ou algo assim que
teria dito, e o beijou, e disse é porque foi amor o que eu fiz. E se foi.

Teria mesmo tido amor? Colocou Maria
Bethania para tocar, procurou desesperado a musica que tocava naquela hora,
riu, riu, riu, riu, e pensou que pudesse ser alegria o que sentia, alegria que
não se sabe de que, mais que parecia alegria, pelo menos teria sido para isso
que levantara, para o que é claro, mesmo que não se tenha luz, o que é limpo, mesmo
diante de tanta bagunça, para o que não é torto, pois fora direito seu o que
fizera, e fizera direito, para o que não é indeciso, mesmo sem saber o que
fazer de tudo aquilo, estava decidido não mais procurar por amor onde não
tinha.

III

O que
mais dói, é ver a constante morte das coisas.

L.N.B

%d blogueiros gostam disto: